Fábrica de Cimento MIZU

Até dezembro do próximo ano R$ 72 milhões devem ser investidos na primeira etapa da implantação de uma fábrica de cal na cidade de Baraúna.  Em sua primeira etapa, a fábrica deve produzir 260 mil toneladas do produto por ano. A iniciativa é do grupo MIZU, que vem movimentando, positivamente, a economia da região desde a implantação de uma indústria de cimento no local.
Investimento
O grupo MIZU deve investir, até dezembro do próximo ano, R$ 72 milhões na primeira etapa da implantação de uma fábrica de cal na cidade de Baraúna. Em sua primeira fase de funcionamento, a unidade deve produzir 260 mil toneladas do produto por ano. Essa é mais uma iniciativa da MIZU que vem estimulando a economia da região desde que iniciou a produção de cimento no estado.
 Fábrica de Cimento MIZU (Baraúna) - Fotos - Marcelo Bento (37).JPG
Incentivo econômico
A economia do estado deve ser estimulada com a implantação de uma fábrica de cal na cidade de Baraúna. O projeto prevê o investimento de R$ 72 milhões na primeira etapa da instalação da unidade.  A iniciativa é do grupo MIZU, que já atua na região com a produção de cimento.
Compartilhe no Google Plus