PF flagra caminhoneiro com 29,9kg de crack em Natal

A Polícia Federal realizou na tarde desta quarta-feira, 28 de setembro, em Natal, mais uma apreensão de drogas, quando prendeu um motorista, de 50 anos, gaúcho, que trazia 29,9 kg de crack de Mato Grosso, escondidos em um dos compartimentos da carroceria de um caminhão.

A prisão do suspeito ocorreu no momento em que uma equipe da PF realizava  fiscalização de rotina junto a vários veículos de outros estados que circulavam pela BR 101, na altura do Distrito Industrial, bairro de Nossa Senhora da Apresentação. Em dado momento, um caminhão baú com placa de Santa Catarina aguardava na fila para ser descarregado em uma das empresas ali instaladas quando teve documentos e a sua cabine vistoriada, porém nada de irregular foi encontrado. No entanto, em um compartimento da carroceria, o qual geralmente é utilizado para guardar gêneros alimentícios, percebeu-se que havia algo suspeito armazenado dentro de sacos, embaixo de algumas caixas plásticas. Ao ser indagado sobre o conteúdo, o motorista afirmou ser "marmelada", mas  como se tratava de uma grande quantidade, os policiais desconfiaram e quando abriram a embalagem, lá estavam 29 tabletes envoltos em bexigas coloridas (provavelmente para não exalar odor) de uma substância petrificada que submetida a um teste preliminar com reagente deu positivo para cocaína em forma de crack.

Imediatamente o homem recebeu voz de prisão em flagrante e seguiu para ser autuado por crime de tráfico de substância entorpecente na sede da Polícia Federal, em Lagoa Nova. O caminhão que ele conduzia foi também apreendido.

Durante o seu depoimento, o acusado, que já respondeu a processo por estelionato no Paraná, confessou que recebeu a droga em Cuiabá-MT, de uma pessoa que ele disse conhecer "apenas de vista", o qual lhe propôs a quantia de R$ 5.000,00 para levar a "encomenda" até São Luís/MA, onde seria contatado tão logo chegasse ao destino. Declarou ainda que esta foi a primeira vez que transportava drogas.
 
O suspeito encontra-se provisoriamente sob custódia da Polícia Federal e deverá ser transferido para o Centro de Detenção Provisória de Pirangi, no dia de hoje, onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

Somente em 2011, a PF já apreendeu 1,23 tonelada de drogas no Rio Grande do Norte. Desse total, 255,7 kg eram de crack.

Compartilhe no Google Plus