Correios vão processar Aécio Neves

Os Correios ingressarão nesta segunda-feira com medidas, na Justiça Comum, contra o candidato à Presidência da República Aécio Neves e a coligação de partidos políticos que o apoiam.

Desde o dia 20 de setembro, o senador tem declarado a imprensa que os Correios teriam cometido crime eleitoral por não terem distribuído material de campanha de candidato de sua coligação. Os Correios reafirmam que não existiu qualquer irregularidade na distribuição de objetos postais de seus clientes relacionados aos fatos mencionados pelo candidato.

Todas as reclamações pontuais sobre problemas de entrega passaram pelos procedimentos regulares para sua solução. A empresa já apresentou provas documentais da regularidade de suas atividades, inclusive em entrevista coletiva da Diretoria Executiva dos Correios na quinta-feira (2).

Apesar de todos os esforços da empresa de esclarecer ao cliente específico e a sociedade em geral de que não existiu nenhuma irregularidade na distribuição de objetos postais referente ao citado candidato, este tem insistido em atribuir aos Correios a prática de crime eleitoral, o que não é verdade.

Visando preservar sua boa reputação no mercado, perante seus clientes e a sociedade brasileira, os Correios decidiram processar o senhor Aécio Neves e sua coligação partidária. A empresa espera com essa decisão reparar os danos que sua imagem vem sofrendo e distanciar seus interesses institucionais do debate eleitoral.

Assessoria Correios
Imagem: Divulgação
Compartilhe no Google Plus