Oposição de Patu erra no discurso e perde aliados


Imagem: Blog do VT e Blog do Campelo







A oposição de Patu parece que errou feio no discurso acalorado na cidade nos últimos dias. 


Um dos integrantes do grupo de oposição que tem à frente Possidônio Queiroga, que já foi preso pela Polícia Federal por desvio de recursos, disparou contra o líder da situação, o ex-prefeito de Patu, Dr. Ednardo Moura o chamando de "O médico que nem vergonha na cara, tem mais", "O Dr. de lorota" e como se não bastasse completou com o mais grave: "O criminoso com a população de Patu".





Dr. Ednardo é médico há mais de 40 anos e se dedica à Saúde da região, nunca foi preso e nem acusado. 

O médico é conhecido por não se utilizar de acusações durante a política e a mudança de postura da oposição contra ele beneficiou mais ainda Moura que tenta eleger Henrique Alves governador. 

Ao que se escuta na cidade o discurso da oposição foi um verdadeiro tiro no pé, pois perdeu vários aliados que preferiram se juntar ao grupo do Dr. por não concordar com os discursos. Um dos membros da oposição que aderiu à situação que não quis se identificar dispara: "Não concordo em ficar em um grupo que atinge pessoalmente as pessoas. Apesar de ser contrário politicamente a ele não o considero um criminoso para a população ele, ao contrário sempre trouxe benefício para a cidade. Agora vou votar com ele pois detesto injustiça". Amanhã mesmo meu carro não terá mais nenhum adesivo de popó, completou. 



População se revolta e compartilha várias críticas a oposição no Facebook.

"Por maiores que sejam as divergências políticas, não justifica trata-lo assim.

Dr. Ednardo, merece o nosso respeito, por ser um médico dedicado, por ser um líder político, por ter trabalho prestado no nosso município, pelas centenas de vidas que ele já trouxe ao mundo, mas principalmente por ser humano." (via Facebook)

Compartilhe no Google Plus