PF prende músico acusado de estelionato contra a Caixa Econômica em Natal


A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira, 21/10, em uma agência da Caixa Econômica Federal na Zona Norte de Natal, um músico, potiguar, 24 anos, acusado de estelionato. Ele iria receber cerca de R$ 15 mil, através de empréstimo consignado.

A ação aconteceu por volta das 11h quando o suspeito compareceu àquela agência para assinar a ficha de abertura de uma conta poupança e sacar o valor do empréstimo que lhe fora creditado no último dia 15. No entanto, ao apresentar a documentação exigida, o funcionário da CEF desconfiou da sua autenticidade e acionou os policiais federais que lhe deram voz de prisão ao constatarem que ele estava de posse de vários documentos adulterados em nome de terceiros, tais como: extrato e cartão de benefício do INSS, comprovante de residência, cédula de identidade, etc.

Em seguida, o homem foi conduzido para ser autuado na superintendência da PF. 

Durante o seu interrogatório, ele negou que para praticar o golpe tivesse agido em parceria com mais alguém e disse ainda que aprendeu a falsificar os documentos através de uma pesquisa feita em um site de busca na internet.

Na presença do seu advogado, o suspeito recusou-se a responder as demais perguntas formuladas e invocou o direito constitucional de permanecer em silêncio.

Enquadrado nos crimes de estelionato e uso de documentos falsos, o acusado encontra-se custodiado na PF, à disposição da Justiça e deve ser transferido nas próximas horas para o Centro de Detenção Provisória de Pirangi, na Zona Sul da capital.

Somente nesta semana, a PF já prendeu duas pessoas acusadas de estelionato em natal. Na segunda-feira, uma maranhense de 68 anos havia sido flagrada no interior de um banco privado no momento em que tentava receber um benefício do INSS.

ASSESSORIA
Compartilhe no Google Plus