VIVO renova Patrocínio com a Seleção Brasileira e CBF por mais oito anos

Imagem: Diário de Pernambuco
A Vivo anuncia que seu contrato com a CBF para o patrocínio da Seleção Brasileira de Futebol acaba de ser renovado. Com vigência até janeiro de 2023, a parceria contempla o apoio às equipes brasileiras masculina e feminina para a participação em eventos como a Copa América (2015 – Chile), Copa do Mundo (2018 – Rússia | 2022 – Qatar) e Olimpíadas (2016 – Rio de Janeiro | 2020 – Tóquio).
Com os novos termos acordados, o contrato prevê incremento nas contrapartidas para a empresa, visando ativações com foco em experiências únicas para clientes Vivo. Também é prevista a exclusividade mundial de patrocínio no setor de telecomunicações, com a possibilidade de exploração das marcas comerciais do Grupo Telefónica, como O2 e Movistar.
A aposta da empresa neste patrocínio reflete o compromisso da Vivo em conectar os brasileiros ao futebol e ao maior expoente desta paixão nacional. “Trata-se da modalidade esportiva mais expressiva, relevante e democrática do país; não há nada que conecte mais os brasileiros do que o amor à Seleção Brasileira de Futebol”, afirma Christian Gebara, diretor de Negócios Pessoa Física da Telefônica Vivo.
De acordo com Cristina Duclos, diretora de Imagem e Comunicação da Vivo, o patrocínio, que teve seu início em 2005, contribui para o fortalecimento dos atributos da marca como brasilidade, confiança, qualidade e liderança.
Retorno da Copa
Em 2014, a operadora ocupou o sexto lugar como marca mais lembrada do Mundial no mês que antecedeu a Copa do Mundo, segundo o Ibope Repucom. A empresa registrou mais de 9,5 milhões de visualizações no filme “Felipão na Loja” e mais de 13,5 milhões no filme “Me Liga #tamoconectado”, que em junho foi o mais visualizado do YouTube Brasil, segundo Ranking ADS Leaderboard/Google.

Além disso, foram criados 250 mil avatares na plataforma euvivoesporte.com.br, enviadas 30 mil mensagens de voz e 250 mil SMS com vídeos personalizados dos jogadores e do técnico da Seleção aos 49 mil clientes cadastrados na ação.

Assessoria
Compartilhe no Google Plus