Após fuga de quatro presos, juiz interdita presídio na zona Norte de Natal


Após o registro de mais uma fuga no Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, também chamado de Cadeia Pública de Natal, o juiz Henrique Baltazar, da vara de Execuções Penais, decidiu interditar a unidade. A partir desta segunda-feira (8), a cadeia não pode receber novos presos.

De acordo com o juiz, a medida é por questão de segurança e superlotação do presídio. Na madrugada do último sábado (6), quatro presos conseguiram escapar depois que abriram um túnel a partir da quadra. Os foragidos são: Geilson Avelino, Dhiago Teixeira de Moraes, Humberto dos Santos Félix de Lima e Welington Alcides de Oliveira.

Além da interdição parcial, o juiz Henrique Baltazar estabeleceu uma multa de R$ 1 mil ao coordenador da Administração Penitenciária do RN e ao diretor da própria Cadeia Pública de Natal por cada preso que ingressar na unidade sem autorização judicial.

No mês passado, a Justiça já havia interditado outras unidades, como a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior do Estado.

PORTAL BO
Compartilhe no Google Plus