Conselho de Medicina oficializa pedido de mais segurança nas unidades de saúde do RN


Ofício solicitando providências para garantir a segurança de médicos e pacientes foi entregue hoje ao Governo
Divulgação

O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern), representado pelo presidente Marcos Lima de Freitas, o segundo vice-presidente, Francisco Braga, e os assessores jurídicos Klevelando Santos e Jackson Negreiros, entregou nesta segunda-feira à secretária de Segurança do Estado, Kalina Leite Gonçalves, um ofício solicitando providências urgentes em defesa da população e por consequência da classe médica.

De acordo com o presidente do Cremern, o pedido foi no sentido de prevenir e apurar os crimes praticados, bem como disponibilizar a segurança preventiva e ostensiva nos postos de saúde e nos hospitais públicos e privados do Rio Grande do Norte.

Em reunião, a secretária Kalina Leite alegou limitações operacionais, pois a função das polícias não abrange a segurança interna das unidades de saúde. Ela também fez comentários sobre a reunião realizada junto às unidades de saúde municipais e garantiu que está tomando providências para amenizar a situação de insegurança, buscando parcerias junto ao município de Natal e nas maiores cidades do interior do RN. A secretária destacou a importância das unidades hospitalares também investirem em seus sistemas de videomonitoramento e segurança privada.

Para o presidente Marcos Lima, a reunião foi bastante produtiva. “Saímos confiantes. O Cremern se disponibiliza a colaborar respeitando seus limites da atuação”, disse Marcos Lima.

JORNAL DE HOJE
Compartilhe no Google Plus