Polícia Federal do RN prende holandês em Noronha com 11,5 kg de cocaína pura



Um holandês foi preso nesse sábado (1º) no arquipélago Fernando de Noronha, em Pernambuco, acusado de traficar 11,5 quilos de cocaína. O mecânico estrangeiro Raymond Knobbe, 48 anos, estava a bordo do veleiro Rody, de bandeira holandesa, e foi abordado pelas autoridades em alto mar.

A prisão foi efetuada em operação conjunta da Polícia Federal de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte com a Marinha do Brasil e a Agência Nacional de Crimes da Grã-Bretanha (NCA). A busca pelo suspeito começou no 3º Distrito Naval da Marinha, em Natal (RN), após informações recebidas através da NCA. 
 
No Navio Patrulha “Macau”, as autoridades encontraram o veleiro no mar por volta das 5h30 e pediram que Knobbe, o único tripulante da embarcação, parasse no arquipélago para que tanto a documentação como o barco fossem analisados. No momento, o mar estava muito agitado, segundo a PF.

Ao chegar a Fernando de Noronha, por volta das 12h, o veleiro foi submetido a averiguação. As autoridades constataram que a documentação do estrangeiro e do barco estavam corretas e atualizadas, mas, ao procurar nos compartimentos da embarcação, encontraram na popa 10 tabletes de cocaína.

Preso, o holandês foi levado ao posto da Polícia Federal na Vila do Trinta, área central do arquipélago. Ele foi autuado por tráfico internacional de entorpecentes e, caso seja condenado, poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

Por volta das 16h20 deste domingo (2), Knobbe chegou no Recife, onde foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na região metropolitana da capital pernambucana, onde está à disposição da Justiça Federal. O veleiro também será trazido ao Recife para passar por nova vistoria.

BALANÇO - Essa é a 16ª apreensão de drogas que a PF realiza em Pernambuco em 2015. Até agora, foram presas 24 pessoas (19 homens e 5 mulheres) por envolvimento com o tráfico. O total apreendido foi de 712 quilos de maconha, 144 quilos de pasta base de cocaína, 11,5 quilos de cocaína e 12,7 quilos de crack.

Fonte: NE10
Compartilhe no Google Plus