Hospital Materno-Infantil de Mossoró deve ter licitação lançada no segundo semestre

Foto: Rayane Mainara
A licitação para construção do Hospital Materno-Infantil, em Mossoró, deve ocorrer até julho deste ano. A informação foi confirmada pelo governador Robinson Faria e reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Pedro Fernandes, nesta quinta-feira (10), durante agenda administrativa realizada em Mossoró. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual visitou o terreno onde será erguida a unidade em uma área de 36 mil metros². O hospital funcionará como campo de estágio em parceria com a UERN nas áreas da saúde e afins. O evento contou com a participação também do secretário de Estado da Saúde Pública, Ricardo Lagreca.

O Hospital Materno-Infantil terá 118 leitos e será referência para as regionais de Saúde de Mossoró, Pau dos Ferros e Assu. A unidade terá recursos do Banco Mundial, por meio do Projeto RN Sustentável de US$ 19 milhões, configurando como o maior investimento do projeto na área da saúde.

O terreno do hospital pertencente à UERN, terá leitos de observação do pronto socorro, de internação, de terapia intensiva e de cuidados intermediários, além de salas de parto humanizado e de cirurgias de obstetrícia, eletivas, Banco de Leite Humano, Casa da Gestante e o Centro de Parto Normal.

"Esta é a maior obra de saúde que o nosso governo irá realizar e dará uma assistência muito boa para Mossoró e cidades vizinhas que também sofrem com a deficiência na assistência materno-infantil. A parceria com a UERN e os investimentos do projeto RN Sustentável foram fundamentais para tirar esse sonho de décadas do papel. Esperamos ter o lançamento da licitação o mais rápido possível para iniciar as obras ainda em 2016", declarou o governador.

CRAS

Após a visita ao terreno onde será erguido o Hospital Materno-Infantil, o governador esteve na solenidade de cessão do terreno onde será construído o novo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), no bairro Abolição IV. O comodato do espaço foi celebrado entre o Governo do RN, por meio da Datanorte, e Prefeitura de Mossoró.

Anteriormente funcionava no CRAS um centro comunitário para idosos que estava abandonado e é era um pleito antigo da comunidade. Com a construção do novo Centro serão atendidos não apenas idosos como também crianças e adolescentes em atividades recreativas, possibilitando às pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade social uma maior integração por meio da oferta de serviços, benefícios e projetos de assistência social. O objetivo é fortalecer a convivência com a família com a comunidade. 

Vídeo:

TERRENO/ CRAS


- APOIO: 00'54''

- SONORA: ROBINSON FARIA - GOVERNADOR DO RIO GRANDE DO NORTE à T: 01'08''

Assessoria
Compartilhe no Google Plus