Deputada defende plano emergencial para segurança pública


A deputada Márcia Maia (PSDB) repercutiu nesta terça-feira (12), em sessão plenária na Assembleia Legislativa, as recentes fugas de presos da Penitenciária de Alcaçuz e da Cadeia Pública de Mossoró. A parlamentar lamentou o ocorrido e cobrou do Governo do Estado medidas para evitar novas fugas e combater a criminalidade no Rio Grande do Norte.

“Já são 153 presos que fugiram das unidades prisionais do RN apenas esse ano. O que tem sido feito para frear essa onda de fugas que não só amedronta a população como incide diretamente nos índices de violência do Estado?”, indaga Márcia Maia.
A deputada disse que o Executivo Estadual precisa de uma ação urgente contra a violência que ocorre dentro e fora dos presídios e sugeriu ao Governo do Estado a implantação de bloqueadores de sinal de celular nas unidades prisionais do RN.
“Apelo ao Governo por um planejamento emergencial. As pessoas têm sido vitimas de golpes cometidos por criminosos de dentro das prisões. Eu mesma fui uma vítima. Precisamos dar um basta nisso. A população tem o direito de viver em paz em suas casas”, afirmou.
Ao final do pronunciamento, Márcia Maia anunciou a realização de uma audiência pública na próxima segunda-feira (18) para debater a situação do Sistema Penitenciário do Estado com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN e outras entidades ligadas ao tema.
Solicitações
Ainda na sessão desta terça-feira, o deputado George Soares (PR) fez um apelo à Secretaria de Saúde do Estado solicitando que os hospitais do interior sejam abastecidos com soro antiofídico – medicamento utilizado no tratamento de pacientes mordidos por cobras venenosas.
Ao final da sessão ordinária, o deputado Carlos Augusto (PSD) requisitou à Companhia de Água e Esgotos do RN (CAERN) a melhoria no abastecimento de água e manutenção da rede de saneamento básico do município de João Dias.
PORTAL 190 RN
Compartilhe no Google Plus