Acusado de morte no Igapó foi solto à três dias por não oferecer risco a Sociedade

acusado do crime bárbaro, que tirou a vida do jovem Eduardo neste sábado no bairro de Igapó, teria sido preso e liberado à três dias pela Justiça.
Bruno Araújo teria sido detido na ultima quinta-feira (26) de maio, quando estava de posse de uma arma de fogo, mas na audiência de custódia, a justiça entendeu que ele não oferecia risco a sociedade e permitiu que ele ficasse em liberdade assistida, com o uso da tornozeleira eletrônica. O que não impediu que o infrator tirasse a vida de um jovem inocente.
O infrator já respondia pelos crimes de tentativa de homicídio, homicídio e tráfico de drogas.
PORTAL 190 RN
Compartilhe no Google Plus