Ação nacional de limpeza ambiental acontecerá em setembro

Brasília, 9 de agosto de 2016 – Pelo 9º ano consecutivo, a Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza e Conservação (Febrac), em conjunto com os Sindicatos Estaduais Associados, promoverá a Ação Nacional Febrac Limpeza Ambiental. O evento ocorrerá no dia 17 de setembro de 2016 e acontecerá simultaneamente em todo o Brasil, com o objetivo de conscientizar a população de que devemos preservar o bem que é de todos.

Durante todo o dia, voluntários estarão envolvidos nos trabalhos de conservação que vão envolver corte de grama, poda de árvores e limpeza com produtos biodegradáveis. Empresas parceiras aos Sindicatos disponibilizarão todo o maquinário e material necessários para garantir a qualidade da ação.

O presidente da Febrac, Edgar Segato Neto, conta que o lixo coletado, após separação, será entregue a entidades locais de reciclagem. "Pretendemos, por meio deste trabalho, chamar a atenção da população para os cuidados que devemos ter com as áreas públicas, as quais todos desfrutamos. Além disso, temos o dever de retribuir ao meio ambiente tudo o que ele nos oferece", destacou.

A mobilização pretende agregar mais de mil empregados e empresários prestadores de serviços terceirizados, num esforço de conscientização ambiental.

Ato de Cidadania

Além das atividades envolvendo a limpeza e conservação, as empresas do segmento promoverão o recrutamento profissional de pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados, que tenham cumprido o Programa de Reabilitação Profissional pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e que, ao final do programa, recebem um certificado que lhe garante esta condição.

"A ação de recrutamento permite que as empresas apresentem suas ofertas de trabalho para os profissionais com deficiência com o intuito de promover a inclusão social e cumprimento da lei de cotas", afirma Edgar Segato Neto, presidente da Febrac.

Neste ano, milhares de vagas de emprego serão disponibilizadas. Recepcionistas, telefonistas, digitadores, porteiros, vigias, serventes e auxiliar de serviços gerais são apenas algumas das áreas que os trabalhadores podem atuar no segmento de asseio e conservação.

Esta é uma oportunidade para mais de 44 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência no Brasil conquistar um trabalho, e se estende também para as empresas que sentem dificuldade em contratar pessoas com deficiência, principalmente para cargos que não são administrativos.

A Lei de Cotas (8.213/91) determina que empresas com 100 (cem) ou mais empregados estão obrigadas a preencher de 2% (dois por cento) a 5% (cinco por cento) dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras de deficiência, habilitadas, no seu quadro de efetivos.

No mercado formal, as pessoas com deficiência recebem todos os benefícios garantidos por lei para todos os trabalhadores, como plano de saúde, aposentadoria, FGTS, transporte e alimentação. "No setor de serviços, essas pessoas têm ainda a oportunidade de aprender uma profissão, em centros de treinamentos especializados", enfatiza Edgar Segato.

SERVIÇO
IX Ação Nacional Febrac – Limpeza Ambiental
Data: 17 de setembro de 2016

FEBRAC
Compartilhe no Google Plus