Corpo encontrado no litoral cearense pode ser mesmo de pescador

Familiares do pescador desaparecido há uma semana no Rio Grande do Norte reconheceram as roupas dele entre os materiais recolhidos após um corpo ter sido encontrado neste domingo (18), na Prainha de Canto Verde, no município de Beberibe, litoral leste do Ceará. Entretanto, devido ao estado do corpo, só será possível a identificação após exames de DNA.

De acordo com o agente da Capitania dos Portos de Areia Branca (RN), capitão-tenente Edson Freire Ribeiro, a família, que esteve no IML de Fortaleza, também reconheceu a boia salva-vidas, que estava na cintura do corpo.


A mãe do pescador Wellington Pereira, desaparecido desde a terça-feira (13), deve ir para a capital cearense nesta segunda-feira (19), para que seja recolhido material para o exame de DNA.

Identificação

O corpo foi encontrado no litoral cearense nas areias da praia, amarrado em uma boia salva-vidas. Moradores da localidade viram o corpo e acionaram a polícia, que repassou o caso à Marinha. A Capitania dos Portos informou que está investigando se o homem morto é um pescador do Rio Grande do Norte.

NA FICHA DA POLÍCIA RN
Compartilhe no Google Plus