Gregório Duvivier lança seu livro em Natal, não perca

Evento será promovido pela Editora Jovens Escribas e acontecerá nesta quinta-feira (17), no Solar Bela Vista

Se um é bom, dois é ótimo e três é demais, assim será um dos mais badalados lançamentos literários dos últimos anos em Natal, com três autores representativos da nova geração de escritores nacionais.

O publicitário, jornalista e escritor Carlos Fialho, conhecido pelas crônicas publicadas em outros livros e na imprensa, reúne desta vez uma série de contos sobre Natal, intitulada 'A Noite que Nunca Acaba'.

O escritor paulistano, colunista da Folha de São Paulo e do site Uol e também roteirista de cinema e televisão, Antônio Prata, trará uma coleção de crônicas reunidas no livro 'Trinta e Poucos'.

E para completar o trio, o multifacetado Gregório Duvivier, ator, humorista e roteirista, integrantes da série Porta dos Fundos, trará sua versão escritor a Natal com o livro de crônicas 'Caviar é uma ova'.

O evento é promovido pela Editora Jovens Escribas e acontecerá no Solar Bela Vista (Av. Câmara Cascudo, Cidade Alta) a partir das 17h, com bate papo entre os três escritores e os leitores presentes, sobre o livro e seu trabalho literário em geral.

Em seguida, às 18h, acontece o lançamento literário triplo, com autógrafo dos livros. A noite de autógrafos, assim como o bate papo são abertos a quem desejar participar.

'A Noite que Nunca Acaba'
Carlos Fialho é hoje um dos cronistas mais produtivos de Natal. Mas cinco anos atrás ele lançou o livro de bolso 'Uns contos de Natal', com dois contos divididos em duas partes.

Este ano, o autor revisitou os textos e escreveu continuações daquelas narrativas passadas numa Natal ficcional, fruto da imaginação inventiva de Carlos Fialho e que resultou neste novo livro de 240 páginas.

São histórias fantásticas de assassinato e uma epidemia zumbi em plena Natal que ora conhecemos, assim como as consequências para nossa sociedade de ambas as situações extremas.

´Trinta e Poucos´
Antônio Prata é cultor do gênero crônica, consagrado por gigantes do porte de Rubem Braga, Paulo Mendes Campos, Fernando Sabino e Nelson Rodrigues. Hoje, o filho do também escritor Mário Prata é dos maiores cronistas do Brasil.

Pode ser um par de meias, uma semente de mexerica, uma noite mal dormida, a compra de um par de óculos, a tentativa de fazer exercícios abdominais. Quanto mais trivial o ponto de partida, mais cheio de sabor é o texto.

Prata tem 39 anos e, com humor e sarcasmo, conta o que viu e sentiu nos seus ´Trinta e poucos´ em crônicas selecionadas pelo próprio autor a partir de sua coluna na Folha de São Paulo.

'Caviar é uma ova'
Um produto gerado da mente de Gregório Duvivier necessariamente tem qualidade, humor e ironia. Esta é a síntese de 'Caviar é uma ova', um livro que reúne crônicas publicadas no jornal Folha de São Paulo entre os anos de 2013 e 2015.

O próprio título já traz uma fina ironia. Mas vocês precisam comprar o livro e saber o que é. Os textos passeiam pela diversidade de situações bizarras vividas no Brasil, por memórias de infância do autor, até pessoas que lhe influenciaram.

Duvivier já lançou também dois livros de poesia e outro de crônicas. O autor esteve em Natal no  último mês de agosto, também a convite da Editora Jovens Escribas, desta vez para participar do projeto Ação Leitura.


LANÇAMENTO LITERÁRIO TRIPLO
Carlos Fialho, Antônio Prata e Gregório Duvivier
Onde: Solar Bela Vista (Av. Câmara Cascudo, Cidade Alta, próximo ao Sesi)
Quando: Quinta-feira (17)
Hora: Bate papo com autores às 17h e autógrafo dos livros às 18h
Compartilhe no Google Plus