Le CIRQUE AMAR é acusado de suposta "propaganda enganosa" e pais se mobilizam

Resultado de imagem para le cirque amar natal
Imagem: Ilustração Le Cirque AMAR (Divulgação Globo)
Uma mãe entrou em contato com o Diário Potiguar para falar sobre uma suposta propaganda do LE CIRQUE AMAR que está em temporada por Natal, após terem recebido uma cortesia que, na verdade, segundo ela deveriam pagar o mesmo valor que um ingresso. Além do relato exclusivo no Diário Potiguar, outros pais se manifestaram nas redes Sociais e, inclusive, no perfil do próprio Circo. 

Veja a denúncia na íntegra.

PROPAGANDA ENGANOSA!

O Circo Le Cirque  Amar há um bom tempo divulgou que a entrada no circo para QUALQUER pessoa (criança ou adulto) é R$ 20,00 reais (que seria uma promoção de últimas semanas Le Cirque Amar faz promoção no fim da turnê em Natal). E durante esse período entregou em escolas públicas e privadas uma suposta cortesia SOMENTE válida nos dias 25/02 e 26/02 de 2017.

De acordo com essa cortesia, crianças até 12 não pagariam se acompanhados por um adulto pagante. Ficou óbvio que o adulto pagaria R$ 20,00 e a criança (até 12 anos) nada pagaria.

Aconteceu que no momento de comprar o bilhete, foi avisado que a cortesia somente seria válida se o adulto pagasse R$ 20,00 reais a mais, ou seja, R$ 40,00 reais. Dessa forma, observa-se que a suposta cortesia era apenas uma propaganda enganosa. Com ou sem a cortesia, um pai com uma criança pagaria R$ 40,00.


O intuito do circo foi usar as escolas como forma de divulgar o espetáculo (e economizar em divulgação) (uma verdadeira propaganda enganosa) e formar filas imensas com crianças (principalmente da classe menos favorecida da sociedade que aproveitaram a falsa oportunidade de um espetáculo mais acessível). O que se presenciou foram pessoas revoltadas, pessoas que tiveram que levar as crianças embora. Os principais prejudicados foram as crianças que foram iludidas, foram usadas para convencer aos seus pais a entrarem em uma cilada! Muitos pais que estão com as crianças  se sentiram impotentes porque ao mesmo tempo que estavam revoltados, decidiram pagar o valor mais alto e nada reclamar para realizar o sonho da criança que estava ali com ele! Outros, mesmo que tinham o dinheiro, diante de tamanha injustiça com o consumidor, decidiram ir embora.

Fato desagradável no estacionamento

Aconteceu outro fato desagradável porque no estacionamento privativo do circo, os funcionários orientarão os consumidores a deixar os carros a maioria trancados sob a alegação de que : " todos vão sair no mesmo momento". Depois, que foi descoberto o real valor dos ingressos, muita gente quis ir embora e ir embora mas ficou com o carro trancado! Teve gente, que diante da raiva, empurrou o carro de terceiro para tentar sair do estacionamento, quase batendo-o sobre outros carros. Outros tiveram que esperar horas para sair. Um verdadeiros caos.

O pior de tudo isso foi que eles estavam vendendo desconsiderando a cortesia , mas dependendo do consumidor se fosse alguém que se identificasse da "justiça" ou que estava gritando muito, eles liberavam com a cortesia. Isso prova que eles tinham consciência que estavam enganando os consumidores! Muita gente estava revoltada porque no mesmo momento comprou ingressos mais caro, outro comprou 20 reais mais barato!

Hoje (dia 26-02-2017) a cena vai se repetir! Poque a referida cortesia "vale" ainda pra hoje nos horários de 15:30/18:00/20:30. Podem conferir!

Em pouco tempo o circo que vai embora de Natal continuará usando o mesmo artifício em outras cidades....

Por favor, estamos fazendo denúncias no Procon e no mp, mas é preciso desmascarar esse circo!

Por Leitora do Diário Potiguar (identidade foi preservada)
Compartilhe no Google Plus