URGENTE: TSE mantém prefeito de Brejinho no cargo

Resultado de imagem para PREFEITO DE BREJINHO joão Gomes (PMDB)
Imagem: VNT Online
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou nesta quinta-feira (29) o agravo regimental que pedia o afastamento do prefeito de Brejinho, João Gomes (PMDB). A decisão foi do relator do caso, o ministro Tarcísio Vieira. Com ela, "Joãozinho", como o prefeito é conhecido, permanece à frente da Prefeitura de Brejinho.

Segundo o advogado Kennedy Diógenes, que divide a defesa do prefeito no processo com o advogado Sanderson Mafra, o ministro Tarcísio Vieira seguiu o mesmo entendimento emitido anteriormente pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE/RN) e pelo próprio TSE, em julgamento da então ministra da alta corte eleitoral, Luciana Lóssio.

"Todas as decisões tomadas no TRE e no TSE consideraram que o prefeito João Gomes não pode ser responsabilizado pelas ações contestadas. Por outro lado, os tribunais julgaram que os atos questionados e atribuídos ao prefeito não causaram danos consideráveis ao erário", explica Kennedy Diógenes.

Eleito em 2016 com quase 60% dos votos válidos, o prefeito de Brejinho anula com a sentença do ministro Tarcísio Vieira o risco de ser afastado da função. O que mantém a normalidade administrativa do município localizado na região Agreste do Estado.

Assessoria
Compartilhe no Google Plus