Atacante Deivid lembra da passagem rápida pelo Corinthians

Artilheiro do Red Bull Brasil no Campeonato Paulista também ressalta que uma vitória sobre o alvinegro será fundamental para a classificação do clube do interior.


Atacante Deivid em ação contra o Grêmio Novorizontino, na vitória por 2 a 0, na última quinta-feira, fora de casa.

(Foto: Divulgação/Red Bull Brasil)

Nesta segunda-feira, as 20 horas, a equipe do Red Bull vai enfrentar o segundo clube considerado "grande" no Campeonato Paulista de 2018. Depois de perder para o Palmeiras no Allianz Parque por 2 a 1, o Toro Loko terá o Corinthians como adversário, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela oitava rodada da competição estadual.

Autor do gol diante do Verdão e um dos artilheiros da equipe no torneio com dois gols ao lado de Eder Luis, atacante Deivid relembra passagem relâmpago na categoria de base do Timão e descreveu a assistência que concedeu para um dos gols do Santo André, no Paulistão do ano passado na Arena Corinthians.

"Jogar no Corinthians sempre foi um sonho e eu realizei muito jovem com apenas 10 anos. Infelizmente, fiquei por pouco tempo no clube, mas aguardo isso no meu coração. Sobre o jogo do ano passado, eu defendia o Santo André e tive a felicidade de ser titular e dar uma assistência para o gol do Claudinho. Eu ganhei na velocidade do Fagner, invadi a área e cruzei para o Claudinho marcar para o nosso time na casa deles. Momento marcante", destacou o atleta que completa 30 anos no próximo dia 23.

O Red Bull Brasil está na terceira colocação do grupo D com 10 pontos e luta com Santos e Botafogo por duas vagas na fase de quartas de final. O atacante ressalta que uma vitória sobre o alvinegro será fundamental para a classificação do clube do interior.

"A nossa confiança aumentou após o resultado positivo contra o Novorizontino (2 a 0, na última quinta-feira). Temos quatro decisões pela frente, mas sem dúvidas que vencer o Campeão Brasileiro vai nos dar a força suficiente para chegarmos à próxima fase. Nesta reta final, não podemos perder pontos em casa. Respeitamos o Corinthians, mas vamos para cima deles", comentou.
Compartilhe no Google Plus