Em entrevista a rádio, Igor Rafael defende pacote de propostas contra a corrupção



O pré-candidato a deputado estadual do Rio Grande do Norte, Igor Rafael (PR), defendeu, em entrevista a rádio 94fm, na noite dessa quarta (13), a aplicação de leis para o combate à corrupção. Na entrevista ao jornalista Alex Viana, Igor apresentou o conjunto chamado de "Novas Medidas Contra a Corrupção", documento elaborado com a participação de 373 instituições brasileiras. O megapacote possui 70 propostas legislativas (projetos de lei, propostas de emenda constitucional e resoluções) que pretende ir além nos debates e cobrar que os futuros eleitos se comprometam com o combate à corrupção. A ideia é que os candidatos se comprometam publicamente com a pauta e, caso eleitos, levem as medidas adiante nas casas legislativas.

Ao vivo, Igor defendeu a lei baseada nas melhores práticas anticorrupção internacional que prevê a devolução de bônus, gratificações e comissões para agentes públicos e executivos da iniciativa privada que sejam comprovadamente pegos em algum ato ilícito. "Precisa ser feito isso para que seja incentivado a não corrupção porque o que se tem hoje é o incentivo à corrupção como no caso da ex procuradora da Assembleia Legislativa que segundo noticiou-se desviou mais de cinco milhões e está devendo 750 mil para os cofres públicos. É importante também que os documentos públicos e todos os dados públicos sejam abertos de forma organizada e de fácil entendimento para a população e de processamento para os computadores para que possamos usar a tecnologia atual e disponível como a inteligência artificial, ou seja, robôs, para que possam cruzar os dados e pegar divergências ou atitudes e gastos suspeitos por parte do poder público e dos políticos".
Compartilhe no Google Plus