Homem é executado com mais de 30 tiros em Lava-jato no interior do estado.

Imagem
Um crime de homicídio com características de execução foi registrado na tarde desta sexta feira 29 de junho de 2018, na localidade de Velame 2, próximo a Fábrica de Cimento Mizu, na zona rural de Baraúna, região Oeste Potiguar.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar daquela cidade, o crime aconteceu por volta das 14h10min onde uma pessoa identificada como Antônio Roberto Dantas da Silva, "Roberto Raposinha", de 38 anos de idade, natural de Caraúbas, preso de justiça no regime aberto," e que trabalhava em um Lava-jato foi morto com mais de 30 tiros, dentro de estabelecimento.

A Polícia Civil do município, que vai investigar o caso, ainda não tem uma linha de investigação. Não há qualquer informação a respeito da motivação da execução e a autoria do crime ainda é desconhecida da Polícia.

Policiais militares que isolam o corpo, informaram que várias capsulas de pistola ficaram espalhadas no local do crime. As equipe da Delegacia de plantão e do ITEP de Mossoró, já foram acionadas para realizarem os procedimentos no local.

A cidade de Baraúna localizada no Oeste do Rio Grande do Norte registrou na tarde de hoje, 29 de junho, mais uma morte violenta, crime que aconteceu na região da fabrica de cimento Mizu, na comunidade de Velame II, zona rural do município.

Antônio Roberto Dantas da Silva, "Roberto Raposinha", de 38 anos de idade, natural de Caraúbas, preso no regime aberto, foi morto com mais de 30 tiros de pistola num posto de lavagem da comunidade, onde trabalhava. A Delegacia de Plantão e a equipe do Itep foram acionadas para os procedimentos e remoção do corpo.

Segundo informações, ele respondia por roubo praticado em Caraúbas em 2006, com mandado de prisão em aberto da Comarca da cidade e no dia 27 de janeiro de 2015, foi preso no bairro Santo Antônio em Mossoró. Hoje estava em regime aberto desde ano passado

FIM DA LINHA
Compartilhe no Google Plus