Mais um: Homem com tornozeleira é morto com mais de 30 tiros de pistola


Preso de Justiça usando tornozeleira é morto com mais de 30 tiros de pistola.


O crime aconteceu por volta de 01h30min de hoje 02 de julho dentro de um apartamento na Avenida Sérvulo Marcelino, no Planalto 13 de Maio em Mossoró no Rio Grande do Norte e teve como vitima João Bernardo Saldanha Stein, de 18 anos de idade, natural da cidade de Tramandaí, no Rio Grande do Sul.

Segundo informações, a vitima estava morando num condomínio, alugado por outra pessoa. Na madrugada de hoje, os criminosos quebraram o cadeado do portão de entrada do prédio, subiram para o primeiro andar, quebraram outro cadeado num portão de acesso ao kit net, onde João Bernardo dormia sozinho.

A porta única do pequeno apartamento também foi arrombada e a vitima morta com cerca de 30 tiros de pistola, todos pelas costas. Segundo o perito Otavio Domingos, os criminosos utilizaram pistola 380 e ponto 40. A equipe de pericia criminal localizou mais de 30 capsulas e projeteis dos dois tipos de armas.

Pela dinâmica da pericia, é possível que João Bernardo tenha sido morto dormindo e nem chegou a ver os matadores.

João Bernardo Saldanha Stein estava em liberdade vigiada e utilizando tornozeleira eletrônica. No site do Tribunal de Justiça do RN, consta dois registros, um deles por posse de droga e segundo informações, o outro é por pensão alimentícia.

Mossoró contabiliza 126 homicídios em 2018.

O CÂMERA
Compartilhe no Google Plus