Pó de macaco: A droga que faz as pessoas pularem de prédios e cria legiões de 'zumbis' em cidades

Pó de macaco: A droga que faz as pessoas pularem de prédios e cria legiões de 'zumbis' em cidades

A polícia britânica alertou que o uso de pó de macaco está em níveis epidêmicos

BBC - Ela levou pessoas a pularem de prédios, morder outras e correr para dentro de casas de desconhecidos. Agora, a polícia diz que é apenas uma questão de tempo até que alguém morra como resultado do uso do "pó de macaco" — uma droga sintética que tem sua popularidade em ascensão nas West Midlands, na região central da Inglaterra.

"À noite eu não saio, porque é quando as pessoas drogadas tendem a sair", diz Molly Lawton, uma chef de 19 anos da cidade de Stoke, localizada na região de West Midlands, ao programa Victoria Derbyshire da BBC.

"Você vê pessoas sob efeito do pó de macaco chacoalhando seus braços, gritando e berrando. [À noite] isso pode me assustar até à morte."

O pó de macaco é uma droga da classe B que está em circulação há vários anos.

Mas agora os serviços de emergência de Stoke estão preocupados porque ela está se tornando uma epidemia.

A droga pode impedir que os usuários sintam dor e faz com que eles tenham alucinações — tornando-os altamente imprevisíveis.

O que a diferencia, no entanto, é que seus efeitos podem durar dias.

A polícia foi chamada para atender casos em que as pessoas correram em direção a carros e pularam de prédios.

Ninguém até agora morreu. Mas há a preocupação de que seja apenas uma questão de tempo para que isso ocorra.

Vendido por £ 2 a porção (o equivalente a R$ 10), o pó de macaco é usado por muitos moradores de rua da cidade.

Leia reportagem completa direto do site da BBC
Compartilhe no Google Plus