Morre Gil Gomes,famoso do "Aqui Agora"

Gil Gomes no "Aqui Agora"

Conhecido nacionalmente pelo programa "Aqui Agora", comunicador sofria de Parkinson 

O popular repórter policial Gil Gomes(veja vídeo no nosso canal Diário Potiguar-se inscreva) morreu nesta terça-feira (16), aos 78 anos. O jornalista havia sido encaminhado ao Hospital São Paulo, na zona sul da capital paulista, desacordado e em estado grave na última segunda (15), mas não resistiu.

Desde quando recebeu o diagnóstico, em 2005, Gil lutava contra a doença de Parkinson. Ele sofria tremores e tinha dificuldades de se mover.

Natural de Sorocaba (SP), Gil começou sua carreira como locutor esportivo, na Rádio Progresso. Ele sofria de gagueira e, na adolescência, começou a imitar os narradores de futebol para tentar superar o problema. Nos anos 1960, ele foi para a Rádio Marconi, onde começou a trabalhar com reportagens policiais. Gil passaria pelas rádios Bandeirantes e Tupi. 

Entre 1991 e 1997, Gil foi repórter investigativo do programa Aqui Agora, do SBT, onde se projetou nacionalmente. Na atração, ele produzia reportagens policiais, entrevistando criminosos nas delegacias e abordando vítimas em regiões carentes. Os gestos, a voz e o visual do jornalista foram características marcantes no jornal diário.

– Sempre gostei de roupas de cores fortes e estampadas por causa da alegria que elas passam – comentou em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, em 2011.

Entre suas reportagens de destaque, Gil esteve no Carandiru um mês após o massacre de 1992, mostrando os vestígios do local, e fez a primeira entrevista com o Bandido da Luz Vermelha ao sair da prisão depois de 30 anos.

Após o Aqui Agora, Gil foi repórter do programa Mulheres, na TV Gazeta, em 1998. No ano seguinte, ele integrou o programa humorístico Escolinha do Barulho, na Rede Record, no qual era professor.

Entre 2004 e 2005, Gil atuou como repórter e apresentador do Repórter Cidadão, programa policial da RedeTV!. Após o diagnóstico de Parkinson, ele se afastou das atividades. O comunicador voltaria às atividades em 2016, como apresentador da TV Ultrafarma.

Gil era casado com Eliana Izzo e deixa cinco filhos: Flávia, Nathalie, Daniel, Vilma e Guilherme. Ele era também avô de quatro netos.

Por conta de seu estilo singular ao conduzir as reportagens, Gil Gomes é um ícone da cultura pop brasileira. Ao longo dos anos, ele serviu de inspiração para a imitação de inúmeros humoristas. Também seria de referência para a música Gil Goma, da banda Ratos de Porão.

Por Gaucha ZH
Compartilhe no Google Plus