O que é Storytelling e como aplicar em seus negócios

Os holofotes estavam apontados para o palestrante sobre o palco. Diante dele, mais de 100 pares de olhos e ouvidos permaneciam atentos para o que ele dizia.

“Storytelling, traduzindo de maneira literal é contar histórias” – ele falou.

Em seguida, com o microfone sempre próximo dos seus lábios, aquele experiente CEO de uma empresa de hospedagem de sites prosseguiu falando sobre Storytelling. Ele disse que contar histórias faz parte da cultura humana.

Desde a pré-história, quando homens da caverna sentavam ao redor de uma fogueira para narrar lendas, passando pelas tabernas da Idade Média até a Netflix dos dias de hoje, as histórias, ficcionais ou não, fazem parte do nosso dia a dia.

– Tá, mas e o que isso tem a ver com o empreendimento de um negócio? – Alguém do auditório perguntou.

– Tudo. – Ele disse sorrindo, como se estivesse aguardando que alguém proferisse tal pergunta.

Contar histórias para vender mais

O palestrante, andando de um lado ao outro do palco, destacou que histórias apelam para o lado emocional do consumidor e isso ajuda a vender um produto.

– Não é por acaso que a Coca-Cola sempre tem um singelo comercial de Natal narrando uma historinha. – Ele concluiu.

Ciente de que naquele instante ele precisava focar a sua conversa no que interessava para fisgar a atenção do público, ele indagou:

– O que alguém precisa saber sobre como criar um blog?

– Uma boa plataforma. – Alguém da plateia prontamente respondeu.

– Exato. – Ele disse, salientando ainda o quanto o WordPress pode ajudar nesse quesito.

Em seguida, o palestrante destacou também que escolher o plano de hospedagem ideal também é importante para o blog. E que se o blog é um projeto de grande porte, que a hospedagem VPS, assim como outras igualmente robustas, é a mais adequada.

E logo depois, para prosseguir o assunto, ele argumentou que além da plataforma, de uma boa hospedagem e outros recursos importantes, o conteúdo é o ápice de um blog de qualidade.

E é aí, em termos de conteúdo, que entram a criação de boas histórias, pois elas podem auxiliar o empreendedor a se aproximar do cliente. E assim o palestrante prosseguiu:

– Cada pessoa é a protagonista da sua própria história. O cliente que vai para uma loja para comprar uma TV está protagonizando uma jornada. O Santo Graal dessa história, nesse caso, é o aparelho de televisão. Aliás, não é por acaso que hoje em dia falamos na “jornada do cliente”.

O palestrante, empolgado com o assunto, lembrou de um antigo comercial de TV que vendia lingerie. A protagonista do comercial era uma adolescente que experimentava pela primeira vez um sutiã.

Várias telespectadoras se identificavam com aquele ritual de passagem da adolescência para a vida adulta. Esse comercial era uma boa história.

Como contar uma boa história

Antes de prosseguir com a sua conversa, o palestrante sorveu um gole de água e em seguida prosseguiu:

– De Machado de Assis a Stephen King, o elo de identificação entre a história e o público são os personagens que a protagonizam. A partir do momento que o público se vê naquele personagem, ele será fisgado.

De repente um braço emergiu em meio ao público ali presente:

– E como eu faço para criar essa empatia, essa identificação com o público? – A moça de braço erguido indagou.

O palestrante imediatamente respondeu:

– Você precisa conhecer o seu público e procurar entender como o produto que você oferece poderá ajudar esse público a solucionar um determinado problema.

Lembrem-se: Não importa o formato, se é um texto em seu blog, uma postagem no Facebook ou um vídeo do seu produto no Youtube, a questão da identificação, de fazer o público desejar o seu produto, é o ingrediente de uma boa história.

Além disso, o Storytelling deve fazer parte da sua estratégia de Marketing Digital. Imagine, por exemplo, que você pode narrar uma história que começa com um texto em seu blog.

A sequência dela pode ser no formato vídeo, bem como ela pode ter outros desdobramentos em postagens no seu Facebook. Enfim, as alternativas e possibilidades irão depender dos seus objetivos e da sua criatividade.

O fato é que ao narrar boas histórias você tem totais condições de converter os leads, ou seja, as pessoas que estão interessadas em seu produto, em clientes consolidados. Ninguém resiste a uma boa história.

Enfim, pessoal, foi um prazer ter conversado com vocês essa noite. – Finalizou o palestrante enquanto escutava o som dos aplausos direcionados ao palco.

Conclusão

Quem participou da palestra já sabia que registrar um domínio é importante para quem tem um blog. Afinal, o domínio é o endereço do empreendedor na internet.

Além disso, já sabia também da relevância de uma boa história, afinal, crescemos ouvindo histórias. Faltava apenas saber o quanto Empreendedorismo e uma boa narrativa formam um par perfeito.

Portanto, para você se aproximar do seu público, torne ele protagonista de uma história e não apenas um coadjuvante que compra o seu projeto.

The post O que é Storytelling e como aplicar em seus negócios appeared first on CONTI outra.



source https://www.contioutra.com/o-que-e-storytelling-e-como-aplicar-em-seus-negocios/
Compartilhe no Google Plus