Praticar jardinagem pode te fazer feliz e ainda ajudar na depressão

Enquanto especialistas em saúde mental alertam sobre a depressão como uma epidemia global, outros pesquisadores estão descobrindo maneiras pelas quais liberamos nossa produção natural de substâncias químicas felizes (em nosso cérebro) que mantêm a depressão sob controle, com resultados surpreendentes. Tudo o que você precisa fazer é sujar os dedos e colher sua própria comida, isto é, jardinagem. A jardinagem é uma das terapias mais benéficas para esses fins. Você quer saber mais como isso funciona? Continue lendo que abaixo você vai saber basicamente o motivo para isso.

Por exemplo, a jardinagem é um gatilho ambiental chave para duas substâncias químicas importantes que estimulam nosso sistema imunológico e nos mantêm felizes: a serotonina e a dopamina. Se você gosta de jardinagem permacultura, e faz isso todos os dias, a boa notícia é que essas substâncias estimulam constantemente seu sistema imunológico e também mantêm você em um estado feliz, e isso acontece enquanto você manipula seu solo e o colhe. .

Um plus de serotonina fazendo jardinagem

Sujar as mãos no jardim pode aumentar os níveis de serotonina: o contato com o solo e uma bactéria específica do solo, Mycobacterium vaccae, desencadeia a liberação de serotonina no cérebro, de acordo com a pesquisa. A serotonina é um produto químico feliz, um antidepressivo natural e fortalece o sistema imunológico. A falta de serotonina no cérebro causa depressão.

Talvez, agora você já tenha uma ideia do porquê gosta de fazer jardinagem sem luvas, e a sensação de colocar as mãos nuas na terra.

Colheita eleva dopamina

Outra pesquisa interessante diz respeito à liberação de dopamina no cérebro quando colhemos produtos de jardinagem. Os pesquisadores falam sobre esta resposta que evoluiu ao longo de quase 200.000 anos de caçadores-coletores que, quando encontrados alimentos (recolhidos ou caçados), um fluxo de dopamina é liberada no centro de recompensa do cérebro provocando um estado de êxtase ou ligeira euforia. A liberação de dopamina pode ser desencadeada pela visão (ao ver uma fruta ou uma fruta) e pelo cheiro, e também pela ação de arrancar a fruta.

A transferência contemporânea dessa função cerebral e a elevação da dopamina já foram reconhecidas como o processo biológico em jogos e no vício do consumidor ou na desordem compulsiva das compras. Naturalmente, grandes empresas de varejo estão usando as descobertas para aumentar as vendas, acionando gatilhos de dopamina em seus ambientes e peças de publicidade.

Gere dopamina com atividades sustentáveis

Muitas vezes, amantes da jardinagem são pessoas que costumam comentar sobre a alegria que sentem ao trabalhar no jardim, especialmente quando elas colhem o “primeiro da temporada”, o primeiro morango delicioso ou o aparecimento do primeiro surto de espargos.

Alguns também mencionam que, com essa atividade, eles têm um grau de imunidade inerente aos impulsos que o sistema oferece a você com suas corporações atraentes que promovem o consumismo através desse mecanismo em nossa bioquímica. Pode ser que, como a longo prazo jardineiros têm recebido dopamina carga constante que reduziu a necessidade de encontrar outras maneiras de apaziguar esse instinto primordial, que é não-tuberculosa.

Naturalmente, as respostas à dopamina são desencadeadas por muitas outras coisas e estão relacionadas ao comportamento viciante e impulsivo. Talvez, o truque seja religar nossos cérebros para angariar o impacto da dopamina no jardim e outras atividades mais sustentáveis. Tudo se resume ao fato de que não podemos mudar nossa natureza melancólica, mas podemos mudar a natureza daquilo que ansiamos.

Herbicidas empobrecem os níveis de serotonina e dopamina

É claro que, para todos os itens acima, para trabalhar efetivamente e manter esses níveis felizes de serotonina e dopamina, há outro pré-requisito, de acordo com outra pesquisa interessante. Parece que tudo vai funcionar muito melhor com um solo e cultivos orgânicos que não foram contaminados com herbicidas Roundup ou glifosato. Esta condição também se estende ao que você come, então, idealmente, você evitaria consumir alimentos não-orgânicos que foram cultivados em fazendas com glifosato.

Um estudo recente em 2008 descobriu que o glifosato, o ingrediente ativo do Roundup, reduz os níveis de serotonina e dopamina em mamíferos. Ao contrário do que a Monsanto afirma, o glifosato e outros ingredientes do Roundup são perpetuados no ambiente, no solo, na água, nas plantas e nas células e órgãos dos animais. Um estudo descobriu que resíduos de glifosato em tecidos de algodão feitos de algodão GM (geneticamente modificado) podem ser absorvidos na pele e em nossos sistemas nervoso e circulatório.

Jardinagem, a melhor terapia contra o estresse

Não é de surpreender que haja tanta depressão, estresse e vícios e transtornos compulsivos na busca de se sentir bem e que a jardinagem possa ser uma das melhores terapias antiestresse para todas as substâncias químicas que fazem o cérebro segregar enquanto você o executa. Verificado

Então aproveite o jardim, seu cultivo e colheita e a comida orgânica fresca que você pode obter. Oh! e certifique-se de se divertir jogando na terra todos os dias.

***

Fonte indicada: La vida lúcida / tradução e adaptação por A Soma de Todos os Afetos

The post Praticar jardinagem pode te fazer feliz e ainda ajudar na depressão appeared first on CONTI outra.



source https://www.contioutra.com/praticar-jardinagem-pode-te-fazer-feliz-e-ainda-ajudar-na-depressao/
Compartilhe no Google Plus