Beber refrigerante envelhece tanto quanto fumar, aponta estudo

Resultado de imagem para Beber refrigerante envelhece tanto quanto fumar, aponta estudo
Imagem: Sempre Questione
Se na mesa das suas refeições nunca falta uma garrafa de refrigerante, vale prestar atenção aos resultados de um estudo realizado por cientistas da Universidade da Califórnia, em São Francisco (EUA); eles apontam que o consumo diário de refrigerantes ricos em açúcar pode acelerar o envelhecimento tanto quanto fumar.


Este tipo de bebida, de acordo com o estudo publicado no American Journal of Public Health, aumenta a velocidade com a qual as células envelhecem. A pesquisa revelou que pessoas que bebiam o equivalente a duas latas de refrigerante de cola por dia tiveram mudanças no DNA que tornaram as células 4,6 anos mais velhas do que realmente eram.
A análise de milhares de amostras de DNA mostrou que pessoas que ingerem a bebida regularmente apresentam telômeros mais curtos do que as que não têm esse hábito. Essas estruturas, encontradas nas extremidades dos cromossomos, protegem o material genético e são um indicador de saúde. Telômeros mais curtos do que a média são vistos como um sinal de doenças e morte prematura.

Segundo informações divulgadas originalmente na revista Time e no jornal Daily Mail, à medida que o envelhecimento avança, os telômeros ficam cada vez mais curtos, o que danifica o DNA e eleva as chances de doenças relacionadas à idade, como Alzheimer, diabetes e doenças cardíacas.
Não há necessidade de abolir de vez o refrigerante da sua casa, mas, dadas as informações, vale reavaliar a frequência do consumo, não acha?
***
Redação CONTI outra. Com informações de Maisro
Imagem de evelynlo por Pixabay


Compartilhe no Google Plus