Tirar os sapatos antes de entrar em casa não é assim tão ruim.

Tirar os sapatos ao entrar na casa é um costume japonês. Atualmente, milhares de pessoas adotaram para conforto e saúde.

A medida parece um pouco estranha e exagerada. No entanto, está provado que pode ter muitos benefícios para aqueles que os praticam.

Você já pensou em todos os cenários pelos quais seus sapatos passam durante o dia? Certamente, se você fizer isso, você encontrará várias razões para se preocupar.

Bem, apesar de ignorarmos, nossos calçados adquirem milhares de bactérias e microorganismos todos os dias.

Estes, por sua vez, podem causar doenças potenciais quando o sistema imunológico é fraco, por exemplo.

Sabemos que muitos ainda não estão conscientes disso. Portanto, desta vez, queremos rever um estudo científico que explica por que é mais conveniente se livrar deles logo na entrada da casa.

Tire seus sapatos na entrada da casa?

Esta tradição japonesa de tirar os sapatos antes de entrar na casa já está ganhando importância em muitos outros lugares do mundo.

Consiste em tirar os sapatos logo depois de chegar da rua. Quer colocando os sapatos em um armário especial ao lado da porta ou um espaço destinado a eles.

Na cultura do país asiático, é praticado por razões de higiene e como sinal de respeito pelo espaço privado.

De fato, a medida também é realizada em restaurantes, academias e escolas. Diferentes lugares freqüentados pelos japoneses têm essa medida sanitária.

Isso ocorre porque é reconhecido que o calçado é uma das principais formas de sujeira e poluição em casa. Pelo simples fato de estar exposto a muitas superfícies no ambiente já é assim.

Hoje muitos especialistas quiseram investigar o assunto e, na verdade, foram capazes de verificar se eles são uma fonte comum de patógenos perigosos.

Sapatos têm mais bactérias do que um banheiro

Em 2012, uma pesquisa empírica curiosa provou que o calçado pode ser uma boa fonte de informação sobre a personalidade dos indivíduos.

Estes podem refletir uma média de idade, sexo, status econômico e até mesmo alguns traços psicológicos.

O que não sabíamos até agora é que esses acessórios são uma ótima fonte de bactérias. Eles excedem mesmo aqueles contidos em um toalete.

Em um estudo realizado em 2008 e liderado por Charles Gerba, professor de microbiologia da Universidade do Arizona, foi mostrado que em apenas duas semanas de uso, alguns sapatos acumulam perto de 420 mil bactérias do lado de fora. Destes, 96% são coliformes.

Com base no estudo, 27% das bactérias identificadas nos calçados eram da espécie E. coli. Estes são microorganismos que habitam os intestinos de humanos e animais.

O especialista sugere que isso pode ser devido ao contato frequente de calçados com matéria fecal na rua e em alguns dos pisos de banheiros públicos.

Embora a maioria das E. coli não cause problemas de saúde, em alguns casos são os gatilhos de doenças crônicas e episódios de diarréia.

O pior é que não termina aí. Entre os milhares de microrganismos encontrados nos calçados também foram encontradas importantes quantidades de:

.Klebsiella pneumoniae: uma das responsáveis ​​por infecções no sistema urinário e pneumonia. Bem como, outras doenças dos tecidos moles e feridas abertas.

. Serratia marcescens: geralmente causa conjuntivite, ceratite e, em casos reduzidos, meningite e endocardite

Ambas as variedades de bactérias são aquelas que atacam o organismo quando ele não tem anticorpos suficientes para se defender. Na verdade, são eles que causam complicações nos procedimentos realizados nos hospitais.

Um bom hábito para colocar em prática

É importante esclarecer que as chances de infecção por bactérias dos calçados são mínimas, a menos que, por alguma razão, elas tenham contato direto com a boca ou ferimento aberto.

Tenha em mente que existem muitas maneiras pelas quais as bactérias levam para casa. Portanto, o corpo se tornou forte para combatê-los.

Apesar disso, é aconselhável evitar riscos adotando medidas simples, como retirar os sapatos antes de entrar em casa. Ou lave os sapatos constantemente com água e sabão.

Fonte indicada: Mejor con Salúd

The post Tirar os sapatos antes de entrar em casa não é assim tão ruim. appeared first on CONTI outra.



source https://www.contioutra.com/tirar-os-sapatos-antes-de-entrar-em-casa-nao-e-assim-tao-ruim/
Compartilhe no Google Plus