Com fé e esperança, cão aguarda há dois anos que seu dono saia do hospital

Os animais sentem as dores de seus donos como se fossem suas. Esses bichinhos se tornam nossos companheiros e nos fazem sorrir quando mais precisamos, sempre estando presentes nos momentos mais difíceis. Eles são nossos melhores amigos e dão a vida por nós. Certamente a história a seguir é um exemplo de companheirismo e lealdade que emocionará a todos.

Marcos é um cachorro que espera seu dono do lado de fora de um hospital. Ele faz isso desde abril de 2017, porém os médicos não sabem ao certo quem é companheiro humano do cãozinho, e, pior ainda, eles não têm certeza se o paciente ainda está vivo.

Os profissionais afirmam que o animal chegou um dia e nunca mais saiu. Todos os dias ele olha furtivamente por todo o lado, como se estivesse procurando por alguém.

John Jairo Bonilla / Tempo / GDA 

De acordo com a revista “El Universal”, alguns trabalhadores locais o adotaram durante um tempo, com o objetivo de lhe proporcionar uma melhor qualidade de vida. Porém, nenhum esforço valeu a pena… o cão latia desesperadamente pedindo para sair, para assim retornar ao hospital. Sua lealdade é de seu dono, embora ele não o veja há anos.

Marcos passa o tempo entre o hospital e um parque perto do recinto, onde dorme a maior parte do dia. Ele tem 10 anos e não perde a fé de que ele e seu dono se encontrarão novamente.

John Jairo Bonilla / Tempo / GDA 

Quando o cãozinho precisa de algum tratamento especial, a comunidade se junta para coletar dinheiro e comprar os medicamentos necessários. As pessoas fazem campanhas e eventos de solidariedade. Todos trabalham juntos quando o assunto é a saúde do pequeno Marcos.

John Jairo Bonilla / Tempo / GDA 

O cão já é uma celebridade. Os visitantes do hospital levam comida para ele e os trabalhadores do setor o mimam com várias iguarias. Eles até lhe deram uma roupinha para que possa suportar o frio da noite.

Marcos é o exemplo vivo da lealdade dos cães com seus donos. Embora ele não o veja há anos, está absolutamente certo de que um dia sairá pela porta do hospital. Ele quer recebê-lo. A reunião será memorável. Esperamos de todo o coração que seu humano esteja vivo, para que ainda possam ficar juntos por um longo tempo.

Com informações de UPSOCL
CONTI OUTRA
Compartilhe no Google Plus