Rosalba Ciarlini volta ao RN e concede coletiva sobre viagem aos Estados Unidos

A governadora Rosalba Ciarlini desembarca nesta segunda-feira (17), às 11h30, no hangar do Governo do Estado, no Aeroporto Internacional Augusto Severo, depois de missão oficial nos Estados Unidos. Ela recebe de volta o cargo do governador em exercício Robinson Faria. Na oportunidade, Rosalba Ciarlini concederá uma entrevista coletiva para fazer um balanço da viagem.
 
No período em que ficou fora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini foi buscar parcerias e investimentos para o desenvolvimento do Estado. Em Washington (EUA), a governadora acertou uma operação financeira com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de US$ 45 milhões, para investimentos em saneamento básico e infraestrutura turística. Os recursos devem ser liberados no primeiro semestre de 2012.
 
Na capital americana, Rosalba Ciarlini também se reuniu com representantes do Banco Mundial (BIRD) e deu pessoalmente a notícia sobre a aprovação, pela Assembleia Legislativa, do empréstimo no valor de US$ 540 milhões. A notícia repercutiu de forma positiva entre os membros da instituição financeira. A lei que autoriza a realização do empréstimo foi sancionada na última sexta-feira (14), pelo governador em exercício Robinson Faria.
 
Em Nova York, a governadora recebeu a confirmação que o RN vai ganhar duas empresas americanas: uma para fabricação e comercialização de sondas e equipamentos de perfuração de poços de petróleo (Falcon Rigs) e outra de energia solar (Fininsolar). Os investimentos somam mais de US$ 250 milhões.
 
A Falcon Rigs está com área reservada no Distrito Industrial de Mossoró. Um dos principais equipamentos produzidos será o cavalo mecânico para extração de petróleo. A Fininsolar estima gerar 175 empregos diretos e 400 indiretos e será responsável pela fabricação de parques solares e de painéis fotovoltaicos para a geração de energia.
 
Antes de fechar essa parceria, Rosalba proferiu palestra para os empresários americanos sobre as potencialidades econômicas do RN nas áreas de fruticultura, sal, exploração de petróleo, gás natural, minérios, energia renovável e turismo, além de destacar Natal como sede da Copa do Mundo de 2014.
 
TEXTO – ANTONIO ARAÚJO
Compartilhe no Google Plus