Renault, CR Almeida e Nutrimental lançam projeto "Organizações do Futuro" para fortalecer o terceiro setor

O Instituto Renault, em parceria com o Instituto CR Almeida e a Nutrimental, está lançando o Projeto Organizações do Futuro, com o objetivo de fortalecer o trabalho de instituições de caráter público e social através da melhoria da sua gestão. A meta é desenvolver e potencializar o trabalho de 12 organizações do terceiro setor (ONGs) na região de São José dos Pinhais (PR), que, juntas, atingem quase 1,2 mil beneficiários, especialmente populações em situação de vulnerabilidade social.

"Reconhecemos o alcance e a importância social dessas instituições e acreditamos que através de uma gestão mais qualificada e preparada, é possível melhorar o aproveitamento dos recursos e potencializar os resultados das ações", destaca Marcus Vinicius Aguiar, diretor de Relações Institucionais e Governamentais da Renault. O trabalho de capacitação das ONGs será realizado pela Ação Social para Igualdade das Diferenças (ASID), que atua junto ao terceiro setor desde 2008, na assessoria administrativa, formação de redes e alianças e programas de voluntariado corporativo.

A ASID está realizando um levantamento detalhado das 12 organizações participantes para entender a realidade e particularidades de cada uma. Após este diagnóstico inicial, que deverá estar pronto até o final deste ano, será feito o nivelamento, com a oferta das capacitações focadas nas áreas específicas de acordo com o nível de gestão e aprendizagem de cada uma.

Cada entidade receberá 66 horas de capacitação em áreas como planejamento e direcionamento estratégico, gestão financeira e jurídica, gerenciamento de projetos, captação de recursos e marketing e posteriormente serão fornecidos modelos e sistemas simples e práticos para gestão. A expectativa é de que 20 a 30 pessoas sejam treinadas (cerca de 3 por entidade). A ASID fará a medição de resultados do projeto nas organizações participantes.

Pacto pelo desenvolvimento social local
Segundo dados do IBGE (Censo 2010) São José dos Pinhais tem o segundo maior PIB do Estado do Paraná, mas, apesar disso, a cidade ocupa a 28º posição dentre os munícipios paranaenses no quesito IDH ( 0,796). Além disso, um levantamento da Secretaria de Ação Social de São José dos Pinhais demonstra que existem mais de 80 entidades sem fins lucrativos listadas no município, a maior parte ainda não profissionalizada e com forte dependência da esfera pública na sua manutenção.
O Projeto Organizações do Futuro quer articular o investimento privado em um pacto voltado para o desenvolvimento social local em São José dos Pinhais, baseado no protagonismo local, ou seja, das escolhas, decisões e esforços dos atores da localidade organizados em torno deste propósito. "É fundamental, portanto, o estímulo e o apoio a estes atores locais para que planejem e gerenciem suas necessidades, anseios e expectativas, a fim de realizar mudanças e transformações que gerem crescimento econômico e promovam a inclusão social", acrescenta Marcus.

Instituições Participantes
Organização
Área de Atuação
Amor Ágape
Dependentes Químicos
Centro de Amparo ao Idoso Jesus Mª José
Abrigamento de Idosos
APAE
Educação Especial
APMIF
Saúde/Família
Associação Borda Viva
Atendimento a crianças fora do período escolar
Assoc. p/ a Vida Sem Drogas
Dependentes Químicos
Casa de Abrigo Menino Jesus
Casa lar para crianças
Centro Psicologia e Psiquiatria
Saúde Mental
Fundação Itaqui
Educação
Lar Mãe Maria
Casa lar para crianças
Centro de Amparo N. Sra. Do Monte Claro
Atendimento a crianças fora do período escolar
Renovação Carismática Católica
Pessoas em Situação de Rua (desabrigados)
Compartilhe no Google Plus