Deicor prende dupla suspeita de integrar organização criminosa que queimou ônibus




Imagem: Divulgação (DEGEPOL)
Uma investigação conduzida pela Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor) conseguiu prender, na tarde desta terça-feira (24), dois homens suspeitos de terem ligação com os criminosos que queimaram um ônibus, no Vale Dourado, na zona norte de Natal, em 16 de março. Hugo Rafael dos Santos, de 23 anos, e Joelson da Silva Nunes, de 21 anos, foram presos em flagrante pela prática do crime de porte ilegal de arma de fogo.

“Nós descobrimos que no mesmo dia em que o ônibus foi queimado, um grupo de criminosos que atearam fogo no coletivo estava comemorando o crime. Dentro da comemoração estavam Hugo e Joelson”, contou a delegada adjunta da Deicor, Daniele Filgueira.

Nesta tarde, policiais da Divisão Especializada dirigiram-se até o bairro Golandim e se depararam com Hugo e Rafael. A dupla estava com um revólver e quando perceberam a presença da Polícia, jogaram a arma em um terreno.

Primeiro preso – No dia 16 de março, a Polícia já havia prendido Francinaldo Monteiro da Silva (36 anos). Ele foi detido após a queima do coletivo, quando estava trafegando em um veículo da marca Hyndai, modelo HB 20. Francinaldo, que já possui uma condenação por tráfico de drogas, confessou à Polícia que ateou fogo no ônibus por ordem de um detento da Penitenciária de Alcaçuz.

PORTAL BO
Compartilhe no Google Plus