Empresário brasileiro é encontrado morto em apartamento na Argentina



Veterinário, empresário havia viajado para a Argentina com o objetivo de estudar Medicina
Empresário Fernando Couto (Imagem: O DIA)
A causa da morte ainda não foi confirmada, mas a principal hipótese é a de que Fernando Couto tenha sofrido mal súbito

O empresário brasileiro Fernando Couto, de 36 anos, foi encontrado morto na manhã da última sexta-feira (22) em um apartamento em Buenos Aires, na Argentina. De acordo com a família, a causa da morte ainda não foi confirmada, mas a principal hipótese é de que ele tenha sofrido um mal súbito.

Formado em Veterinária, Fernando trancou um curso de Ciência da Computação no Brasil e viajou à Argentina, onde estava há 15 dias, para estudar Medicina. No Brasil, ele morava com a família em Formiga, no centro-oeste de Minas Gerais. Era casado, mas não tinha filhos. 

Os parentes de Fernando foram orientados pelo Consulado-Geral do Brasil na Argentina a aguardar o desenrolar do caso antes de embarcarem para o país vizinho. 

O corpo vai passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) argentino nesta segunda-feira (25) e só depois poderá ser liberado à família. O Itamaraty, órgão federal responsável por intermediar relações do Brasil com outros países, já está em contato com a mãe de Fernando Couto, Maria Lílian Soares.

O empresário gostava de pedalar nas horas vagas. Fator que, segundo a família, era determinante para que ele se mantivesse saudável. Parentes acreditam que Fernando possa ter tido um infarto.

IG | O DIA
Compartilhe no Google Plus