Saiba como preparar uma lancheira escolar saudável

O consumo de lanches saudáveis deve ser um processo natural, realizado desde as refeições feitas em casa. "O processo de introdução alimentar de uma forma saudável na vida da criança deve se partir pelas refeições dos pais, educando e incentivando o consumo desses alimentos na infância. Este é o primeiro passo", alerta a nutricionista do Hapvida.
O início do ano letivo traz de volta um velho dilema para os pais: como preparar a lancheira escolar do filho. As opções de lanches saudáveis para compor a lancheira escolar são diversas. Assim como é grande também a resistência das crianças em aceitar os lanchinhos que realmente fazem bem a saúde. Com muitas demandas desta dúvida no consultório, a nutricionista do Hapvida Saúde, Roseanny Cristina, fala da importância do processo de inserção de opções adequadas nas lancheiras dos estudantes.

"Muitas famílias buscam auxílio neste período já que buscam orientação para fazer com que a criança adquira o hábito de consumir alimentos mais saudáveis do que os alimentos industrializados, muitas vezes práticos, saborosos e ao mesmo tempo, ricos em conservantes e açúcares, que em excesso são muito prejudiciais à saúde", explica.


Os lanches, de uma forma em geral, devem ser saudáveis sempre, principalmente porque a criança está em fase de crescimento e necessita de nutrientes para o seu desenvolvimento físico e mental. Na hora de montar a lancheira escolar é importante adicionar frutas, que pode ser a de preferência da criança e sempre colocando uma porção menor de uma fruta que ela não aceita, para iniciar o hábito do consumo. 

"Outra dica é substituir o salgadinho industrializado por pipoca de milho, feita em casa e na panela. Água de coco e sucos de fruta podem substituir os sucos de caixinha e os achocolatados em geral. Alimentos com fontes de derivados do leite como iogurtes também podem ser opções para compor a lancheira, assim como sanduíche de pão integral com queijo branco também é uma boa opção", explica.

Para os alimentos gelados é importante seguir cuidados no condicionamento, lembra Roseanny Cristina. "É indispensável o cuidado no armazenamento de alimentos que necessitem de temperatura adequada. Uma dica que utilizo é deixar o suco de fruta pronto 1 hora antes de levar para escola em congelamento, ou utilizar garrafa térmica para sustentar a temperatura correta. Bolsinha de gelo que são encontrados em lojas de rua também tem essa opção de adicionar na lancheira da criança para manter a temperatura adequada do seu lanche", alerta a nutricionista. 


Comidas regionais
Os alunos que se alimentam na cantina da escola também podem optar por opções mais saudáveis de lanches, como as comidas regionais. Com o número crescente de obesidade infantil as escolas estão se adequando e oferecem alimentos como tapioca e porções de cuscuz de milho. "O escondidinho de batata doce com frango sem creme de leite e sem queijo é uma forma de ter uma alimentação regional e saudável", explica a nutricionista.

O dia da guloseima
Toda regra pode ter uma exceção e no caso da lancheira escolar também. A nutricionista Roseanny Cristina lembra que apesar de todo o cuidado na alimentação diária elas podem sim escolher um lanche especial de vez em quando. "Afinal de contas são crianças e devem viver a sua infância, mais precisam sempre ser orientadas pelos pais que essa liberação é feita com moderação. Não é liberar o dia inteiro de guloseimas e sim apenas em um horário ou lanche da manhã ou lanche da tarde", alerta. "E sempre verificar se aquela criança esta podendo ou não consumir determinada guloseima, devido ter aumentado os riscos de crianças obesas, desnutridas e com índices de colesterol e glicemia alterados", conclui a nutricionista.

Receita de sanduíche saudável
O ideal que os pais aprendam a produzir seu próprio pão caseiro, livre de produtos químicos. O sanduíche saudável também contribui para que a criança aprenda a consumir alguns folhosos que podem ser adicionados no sanduíche como a alface. Segue receita:
2 fatias médias de pão integral (coloração bem escura do pão)
1 folha de alface limpo e higienizado
2 fatias finas de tomate
Para o recheio do sanduíche:
2 colheres de sopa  cheia de frango desfiado ou
1 fatia  média de queijo branco
Modo de preparo: Separe uma parte do pão e acrescente o queijo ou frango desfiado, adicione o alface o tomate e feche o pão  e coloque em um recipiente para sanduíche.

Assessoria
Compartilhe no Google Plus