Suspeito diz que não roubou "Achei no mato", entenda


Reginaldo Aquino da Silva Júnior foi preso nesta quinta-feira por uma guarnição da Polícia Militar, conduzindo uma moto roubada e adulterada. Ele foi abordado na região do Senegal, zona rural de Mossoró, após uma denuncia anônima.

A moto uma Honda NXR 150 Bros de cor vermelha ano 2009/2010 com placa NNN-6752 havia sido roubada no dia 10 desse mês no sítio Senegal. De acordo com a vítima, que compareceu na manhã de hoje à delegacia para receber sua moto, ela tinha ido aquela comunidade resolver um problema familiar, quando foi assaltada por um casal armado que levou sua motocileta.

O veículo foi adulterado pelos criminosos que o pintaram de preto, para dificultar sua identificação. Após ser preso, Reginaldo foi conduzido à Delegacia de Plantão e apresentado ao delegado Roberto Moura. Em depoimento a autoridade policial ele disse que havia achado a moto dentro do mato e resolveu ficar com o veículo.

Reginaldo Aquino foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação (art. 180) e adulteração de sinal identificador de veículo (art. 311), não teve direito a fiança sendo o mesmo encaminhado a Cadeia Pública onde está a disposição da justiça.

Reginaldo que trabalhou como Gari do município, sofreu uma tentativa de homicídio no dia 31 de agosto de 2016 na José Vitor de Carvalho no Bairro Santo Antônio, enquanto coletava o lixo. Na ocasião outro gari, identificado como, Lucas Serafim Saraiva, que tinha 18 anos e que estava trabalhando com ele também foi alvejado e morreu ao ser socorrido para a UPA do bairro.

Moto Bros vermelha roubada na zona rural no dia 10 desse mês foi recuperada pela PM e já estava pintada de preto.

FIM DA LINHA
Compartilhe no Google Plus