Projeto que anistia os grevistas da Saúde é aprovado na Câmara de Natal

A Câmara Municipal de Natal aprovou na tarde desta terça-feira, 27, em regime de urgência, o projeto de decreto legislativo da vereadora Ana Paula (PSDC) que concede anistia aos servidores da saúde – Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias – que estão legalmente participando da greve deflagrada desde o dia 19 de outubro.

No pagamento do mês passado, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, descontou da folha dos servidores grevistas os dias que não foram trabalhados. A decisão desagradou a todos, que alegaram sequer haver decisão judicial declarando a greve irregular, ou seja, inexistindo qualquer motivação para o desconto do salário.

De acordo com Josenilson Vicente, membro da diretoria do Sindicato dos Agentes do RN (Sindas), afirmou que a categoria vem tentando diálogo com o prefeito há muito tempo, mas sem sucesso. Nos encontros que aconteceram antes do problema se agravar, as reivindicações foram feitas, mas até agora, segundo ele, nenhuma foi atendida.

“Estamos em greve desde o dia 19 de outubro e infelizmente não temos data pra acabar. Tivemos a surpresa do prefeito cortar o ponto dos grevistas, sem nem sequer acionar a Justiça para isso. É uma irregularidade sem tamanho que a Câmara sanou com este decreto legislativo. Muitas das nossas reivindicações são de fácil resolução, mas mesmo assim, até agora, nada foi feito”, declarou.

A vereadora Ana Paula, propositora do decreto, também criticou o prefeito e celebrou a aprovação da matéria. “Não foi dada nenhuma resposta aos servidores que estão numa luta justa por melhorias nas condições de trabalho.Nossa intenção com essa proposta, que foi aprovada, foi coibir o corte do ponto desses pais e mães de família”, completou.

Agora RN

Compartilhe no Google Plus