Seminário discute combate e prevenção às drogas

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta, disse nesta quinta-feira(18), no Seminário Estadual de Combate e Prevenção às Drogas, que a Casa está à disposição para dar respaldo a iniciativas que visem o combate às drogas no Estado.
Nesse sentido, o presidente afirmou que vai acatar a sugestão do vice-governador Robinson Faria, presente ao evento, de criar uma lei de incentivo fiscal às empresas privadas que custeiem a recuperação de dependentes químicos. Ele mesmo vai apresentar o projeto de lei e tem certeza que será aprovado pelos colegas de parlamento.
O seminário aconteceu no plenarinho da Assembleia Legislativa em parceria com a Câmara dos Deputados, sob a coordenação do deputado federal Fábio Faria, que é Presidente da Frente Parlamentar Mista de Combate ao Crack e relator adjunto da Comissão de Políticas Públicas de Combate às Drogas.
Foram debatidas estratégias de prevenção, acolhimento, ressocialização e repressão às drogas. Para Fábio Faria, o Governo de Alagoas vem fazendo um excelente trabalho. O governador Teotônio Vilela implantou diversas clínicas voluntárias, todas ligadas em uma Rede Cristã. Segundo o deputado, as clínicas atendem cerca de mil usuários e tem conseguido reduzir o número de viciados e os índices de violência e criminalidade.
O deputado federal Romário, ex-jogador da seleção brasileira, disse que o esporte é uma das grandes ferramentas para deixar os jovens longe das drogas. "A minha experiência de vida foi o maior aprendizado. Infelizmente já perdi alguns amigos por causa das drogas. Eu tinha dois caminhos a escolher e graças a Deus segui o caminho certo, que foi o do esporte", afirmou.
O deputado federal Henrique Eduardo Alves, que também participou do encontro, afirmou que vai agendar uma reunião com a presidente Dilma Rousseff para tratar sobre o assunto e vai pedir às emissoras de TV que façam uma campanha agressiva sobre as drogas.
Também participaram do evento os deputados federais Sandra Rosado e Paulo Wagner; deputados estaduais; o diretor do Denarc/SP, delegado Clemente Calvo Castilhone Júnior; o Secretário de Estado da Promoção da Paz de Alagoas, Jardel Aderico e representantes da Prefeitura de Natal, Ministério Público e diversas entidades ligadas ao tema.
Compartilhe no Google Plus