Toca da Raposa: Prefeitura de Parnamirim NÃO investe em infraestrutura

[NOVA+PARNAMIRIM+ASSOSSIAÇÃO+190.jpg] 

A operação de Combate às drogas realizada pela Polícia Militar e Civil que prendeu 4 pessoas na comunidade do Portal do Jiqui II, conhecida como “Toca da Raposa”, alavancou uma série de questionamentos sobre a atual situação da pequena área que é considerada como a “ferida” de Nova Parnamirim.
A Toca da Raposa é uma comunidade que ficou espremida pelo desenvolvimento do bairro logo que as grandes empresas começaram a investir na construção de imóveis de alto e médio padrão.

A região praticamente inacessível a veículos. 

http://3.bp.blogspot.com/-lC_zQKGO0Oc/TcV49u93ipI/AAAAAAAAAoM/SzN8BUrEMLo/s1600/P5070018.JPG 

A prefeitura de Parnamirim, em 2007, realizou um processo de pavimentação e urbanização de algumas ruas, porém, a Comunidade da Toca da Raposa foi esquecida. O que chama mais a atenção é o fato da comunidade, hoje, possuir poucas ruas e os moradores questionam o critério utilizado pelo Prefeito, há época, Agnelo Alves para não concluir o calçamento naquela região e questionam, ainda, o atual prefeito Maurício Marques por não ter investido na região.
MP não atende às reivindicações dos moradores 

Alguns moradores procuraram o MP para realizar uma denúncia sobre a questão de uma construção irregular na região e logo em seguida procuraram novamente para questionar o não calçamento e drenagem da região e em nenhuma das duas denúncias (sendo uma delas protocolada e com fotos) houve sequer um retorno por parte do MP e nada foi feito de concreto.

O IPTU caro

O que os moradores mais questionam é o fato pagarem IPTU. Nova Parnamirim é uma região que possui um dos IPTU mais caros da cidade, porém, não há investimento em calçamento, drenagem e muito menos em políticas públicas para o combate à criminalidade na área da Toca da Raposa. 
http://2.bp.blogspot.com/-_IyhD3cpIUk/TcV5B1DamfI/AAAAAAAAAoU/T9HDAmjxiGE/s1600/P5070020.JPG
Cruzamento com Rua Pedro Gomes
Uma moradora relata que conversou com um funcionário da prefeitura e o mesmo disse que o motivo de não ter calçamento era o fato de que havia muitas casas de posse na região, porém, o Notícias do RN apurou algumas informações que comprovam que até a penúltima rua da toca da raposa, a rua Pedro Gomes, há imóveis legalizados e registrados para pagamento de IPTU. Existe uma lei municipal onde aduz que 30% do arrecadado pelo imposto devem ser revertidos em benefício para o bairro.

O jogo de Empurra: Prefeitura e MP

http://4.bp.blogspot.com/-CGDC1psHMas/Tle7At3ABxI/AAAAAAAAAa4/c9O5rslBh4c/s1600/Maur%25C3%25ADcio+Marques.jpg
Prefeito Maurício Marques (Foto: Divulgação)
A moradora identificada como Sandra relatou ao Notícias do RN que o presidente da Associação de moradores procurou o prefeito, porém, segundo informações, foi atendido por um assessor que afirmou que as obras de calçamento e drenagem da região não saiam do papel por causa do Ministério Público que “não deixa”. Na mesma ocasião houve um questionamento sobre essa afirmação, porém o assessor não entrou em detalhes.

Para os moradores esse é mais um jogo de empurra que a prefeitura está fazendo com o MP pois o MP não dá informações, não acata as denúncias, não convoca e nem, ao que parece, analisa as reivindicações. 

Descaso: A prefeitura não tem nada previsto para a região

http://erivan.com.br/Noticia%5Cnaur.JPG
Naur Ferreira (Foto: Erivan)
Sec. de Obras de Parnamirim

Não satisfeitos com a informação, os moradores foram procurar o Secretário de Obras de Parnamirim, Naur Ferreira, porém, mais uma vez foram atendidos por um assessor que relatou existir apenas um “estudo” de viabilidade e que não há previsão para realização desta obra.

O Notícias do RN procurará entrar em contato com o prefeito Maurício Marques para saber qual a previsão para a obra de calçamento e drenagem do bairro.


Fonte: noticiasdorn.com
Compartilhe no Google Plus