Animais também comem em excesso quando estão deprimidos ou estressados

Animais também comem em excesso quando estão deprimidos ou estressadosVocê sabia que os animais de estimação podem se jogar na comilança para acabar com sofrimento emocional, assim como os seres humanos? A conclusão feita por especialistas foi divulgada na nova edição do periódico Journal of Veterinary Behavior, que analisou os hábitos alimentares de uma variedade de animais.
Os pesquisadores da área de comportamento animal disseram que a alimentação pode ser vista como um "mecanismo de defesa" para os animais de estimação, também, para combater o stress e a depressão. Eles observaram isso em animais que consumiam refeições mesmo quando eles não estavam mais com fome.
Embora o estudo tenha também constatado que as taxas de obesidade chegam a 25% em gatos e 45% em cães, um perito disse que colocar os bichinhos em uma dieta poderia piorar a situação.
Segundo os especialistas, simplesmente tirar ou diminuir drasticamente a comida do animal não é o indicado, podendo o deixar mais triste e estressado. O melhor é levá-lo ao veterinário para saber o que está acontecendo e verificar se ele está ficando muito tempo sozinho ou sofrendo maus tratos.
Os pesquisadores também alertam sobre quais raças são mais propensas a essa disfunção, sendo elas, labradores, cairn terrier, cavalier king charles, terrier escocês e cocker spaniel. Para os gatos, as raças mais atingidas são os de pelo curto. 
Compartilhe no Google Plus