Quase 60% das mulheres deixam de realizar exames preventivos

Resultado de imagem para cancer de colo exame preventivo mulher
Imagem: Rede Feminina de Combate ao Câncer
Quase 60% das mulheres deixam de realizar exames preventivos

No Dia Internacional da Mulher (8 de Março), a Bradesco Saúde alerta para a importância do exame no diagnóstico precoce de inúmeras doenças, em especial o câncer de colo do útero

Instrumentos de fundamental importância para a detecção precoce de inúmeras doenças, entre elas o câncer de colo do útero, o exame preventivo ginecológico e a mamografia, ainda são ignorados por milhares de mulheres. No Dia Internacional da Mulher (8 de Março), a Bradesco Saúde alerta para o percentual de mulheres que deixam de realizar anualmente exame preventivo ginecológico. No último ano, 58,64% das mulheres não realizaram o exame, que é popularmente chamado de Papanicolau, em 12 meses, de acordo com levantamento do Comitê de Saúde da seguradora. O percentual cai um pouco (43,06%), quando o período avaliado é de 24 meses passados.

Outro dado alarmante é o de mulheres que deixam de fazer a mamografia. No último ano, 51,46% das mulheres acima de 40 anos não realizaram a mamografia em 12 meses, conforme protocolo recomendado pela Sociedade Brasileira de Mastologia. Em 24 meses, o percentual cai para 38,75%. O universo da pesquisa envolve 2,2 milhões de segurados que fazem parte das empresas que possuem o Comitê de Saúde. O câncer de mama é o principal causador de morte na população feminina. De acordo com estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca), cerca de 58 mil casos da doença foram diagnosticados no Brasil em 2016. Ainda segundo o Instituto, mais de 16 mil novos casos do câncer de colo de útero foram descobertos no ano passado no país.

Sobre a Bradesco Saúde

A Bradesco Saúde é líder consolidada do mercado de planos e seguros privados de saúde, com maior destaque no segmento de planos coletivos, para empresas de todos os tamanhos, atuando em todas as regiões geográficas do país. Hoje, atendendo a mais de 4,1 milhões de beneficiários, e presente em mais de 1,4 mil municípios do país, a Bradesco Saúde e sua controlada Mediservice contam com ampla rede médica referenciada composta por mais de 107 mil médicos que atendem em consultórios e clínicas, mais de 1,7 mil hospitais e mais de 10 mil serviços de diagnósticos e análises laboratoriais. Em 2016, as duas empresas apresentaram, em conjunto, faturamento superior a R$ 20,8 bilhões, crescimento de 15,1% em relação ao ano anterior.

Assessoria
Compartilhe no Google Plus