Ministério confirma 1,1 mil casos de febre amarela desde julho

Desde julho de 2017 até esta terça-feira (27), o Brasil apresentou 1131 casos de febre amarela, sendo que 338 pessoas morreram devido à doença – a letalidade é de 29,8%. Todos esses registros confirmados pelo Ministério da Saúde foram registrados no Sudeste e no Distrito Federal.

Entre julho de 2016 e a mesma semana de 2017, o país havia registrado 660 casos da doença e 210 mortes. Isso representa uma alta de 71,3% e 60%, respectivamente.


Casos e mortes confirmados de febre amarela por estado


Casos Mortes
Espírito Santo 5 -
Minas Gerais 475 147
Rio de Janeiro 186 63
São Paulo 464 127
Distrito Federal 1 1

Fonte: Ministério da Saúde

Há, no entanto, notificações em todos os estados do Brasil. No mesmo período, os órgãos de saúde receberam 4414 suspeitas da doença, sendo que 2368 já foram descartadas. Outros 915 estão em investigação.

Desde o último boletim epidemiológico, divulgado pelo Ministério da Saúde há uma semana, o governo confirmou 33 novos casos de febre amarela. O número de mortes, no entanto, era maior no último relatório: eram 340. Segundo o governo, os dois casos excluídos da estatística estavam duplicados e a informação foi atualizada neste novo boletim.
Crescimento dos casos da doença em 2018


Fonte: Ministério da Saúde

Compartilhe no Google Plus