Vivaldo Costa defende Pró-Sertão em plenário



Com proposta de geração de emprego e renda no interior do RN, o programa Pró-Sertão, lançado há um mês pelo governo estadual, foi defendido pelo deputado Vivaldo Costa (PR) durante pronunciamento esta manhã (5). Vivaldo é inclusive propositor da audiência pública que vai acontecer em Caicó, na próxima quarta-feira (11), que irá discutir o projeto, durante a Assembleia Itinerante em Caicó.


"Na minha visão de homem público e a experiência de mais de quarenta anos, não conheço na teoria nenhum projeto que desperte maior atenção da população do que esse", afirmou.

Projeto


Ao longo de quatro anos, o projeto prevê a instalação de 360 fábricas de pequeno porte no interior do Estado. A indústria Guararapes se prepara para fixar 300 pequenas facções têxteis, e a Hering, outra empresa do setor, pretende instalar 60 unidades fabris no RN. A previsão inicial é de que o Pró-Sertão consiga gerar aproximadamente 20 mil empregos diretos, produzindo 150 mil peças por dia.


De acordo com levantamento feito pelas instituições parceiras, o RN pode atingir, no período de 2013 a 2018, uma ampliação mercadológica significante no setor de confecções. O projeto ainda também está focado na qualificação da mão de obra produtiva e na melhoria da gestão empresarial, por isso, o Pró-Sertão irá receber um apoio articulado por parte de instituições parceiras como Sebrae/RN, FIERN, Fecomércio e Banco do Nordeste.



Fonte: Assembleia Legislativa
Compartilhe no Google Plus