Lula procura FHC para discutir crise e impeachment

Imagem: Divulgação
A intenção ao encontrar FHC seria buscar uma conciliação para tentar dissipar as forças que trabalham pelo impeachment

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) autorizou amigos em comum a procurarem o tucano Fernando Henrique Cardoso, seu antecessor, para proporem uma conversa entre os dois sobre a crise política, com o objetivo de conter as pressões pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff. As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo.

Pessoas próximas aos dois teriam conversado, separadamente, com Lula e FHC sobre a possibilidade do encontro. Lula teria aceitado uma conversa por telefone, mas o tucano preferiu deixar um eventual encontro para depois das férias, em agosto – FHC está na Europa.

Segundo o jornal, este não foi o primeiro aceno de Lula à oposição – ele já havia se encontrado com o senador José Serra na festa de um amigo em comum e disse que gostaria de marcar uma conversa reservada.

A publicação afirma que o ex-presidente tem mantido somente os aliados mais próximos sobre essas conversas. A intenção ao encontrar FHC seria buscar uma conciliação para tentar dissipar, pelo menos dentro do PSDB, as forças que trabalham pelo impeachment da presidente Dilma.

Ao jornal, o Instituto Lula afirmou, em nota, que o ex-presidente não tem interesse em conversar com Fernando Henrique Cardoso. Já FHC afirmou que “o presidente Lula tem meus telefones e não precisa de intermediários. Se desejar discutir objetivamente temas como a reforma política, sabe que estou disposto a contribuir democraticamente”.

TERRA
Compartilhe no Google Plus