Relevância da Campanha da Fraternidade é enaltecida na Assembleia Legislativa

Imagem: João Gilberto

A Assembleia Legislativa recebeu parte do clero potiguar em uma sessão solene realizada ontem, quarta-feira (24), no Plenário deputado Clóvis Mota. A solenidade foi proposta pelo deputado estadual, Hermano Morais (MDB), e homenageou a Campanha da Fraternidade (CF) 2019, que esse ano tem como tema "Fraternidade e Políticas Públicas" e o lema "Serás libertado pelo direito e pela justiça".

O deputado Hermano Morais, em seu discurso, relembrou que foi aqui, no Rio Grande do Norte, que foi iniciada a Campanha da Fraternidade, através do pioneirismo de Dom Eugênio de Araújo Sales. Presente na sessão, o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, enalteceu o trabalho vigilante e incansável da Igreja Católica em prol dos menos favorecidos.

"Quanto orgulho para o povo potiguar! Este ano a Campanha da Fraternidade tem como objetivo, chamar a atenção dos cristãos para as políticas públicas, como forma de garantir e colocar em prática, direitos e leis que já existem, servindo de instrumento de crescimento e construção de uma sociedade mais justa e igualitária", ressaltou Hermano Morais.

Na CF 2019, a Igreja no Brasil pretende estimular a participação dos cristãos em políticas públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja para fortalecer a cidadania e o bem comum, sinais da fraternidade, como explicou Padre Robério Camilo.

"Que a gente possa se tonar um agente fiscalizador das políticas públicas nas escolas, nas associações, nos conselhos. Que cada um tome conta de suas políticas e lutem por elas. Vamos fazer o direito e a justiça, por que quando isso acontece, a democracia é fortalecida", convocou o coordenador da Campanha da Fraternidade no estado, Robério Camilo.

Na ocasião, Padre Robério Camilo anunciou o tema da Campanha da Fraternidade de 2020 – "Fraternidade e Vida". "Precisamos chegar em 2020 fortalecidos nas políticas públicas com um estado forte, com um governo forte, para poder termos, tanto políticas de estado como de governo e que atenda a população", anunciou o coordenador da Campanha da Fraternidade no RN.

Criada em 1962, em Natal, a Campanha da Fraternidade indica, anualmente, um tema para que seja alvo de ações e debates em todo o país. "É preciso que em nosso país haja políticas públicas justas para que todos tenham vida e vida com dignidade. Agradecemos a todos que fazem esta casa por trazer esse tema para discussão e pela honrosa homenagem", finalizou o arcebispo metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha.
Compartilhe no Google Plus