Empresa que leva nome análogo a "Amazonas" libera vôos solidários para ajudar a região de incêndio


 

A companhia aérea "Amaszonas" da Bolívia, anunciou hoje a autorização de voos de solidariedade para bombeiros, médicos e voluntários que estão trabalhando para apagar incêndios em uma área daquele país, denominada de Chiquitania e nos municípios afetados.

“Conhecemos as condições em que eles trabalham, o grande esforço que estão realizando e o nobre trabalho que realizam em benefício de todos no país. Portanto, não podemos permanecer indiferentes e é por isso que permitiremos que vôos solidários transfiram e ajude. daqueles que trabalham duro e merecem nosso apoio ”, disse Eddy Luis Franco, gerente de relações institucionais da Amaszonas.
Os vôos partirão da cidade de Santa Cruz de La Sierra para Roboré, onde foi instalado o Comando Conjunto de atenção a incêndios florestais e para onde bombeiros, policiais, médicos e jornalistas chegam e depois viajam para diferentes pontos.


Esses vôos serão exclusivamente para esse pessoal e para a transferência de alimentos, medicamentos e outros suprimentos de emergência que serão transferidos nos aviões da Amaszonas.

Desde a semana passada, a Amaszonas permitiu que todos os seus escritórios no país coletassem doações e ajudassem o necessário para a assistência às vítimas e controle de incêndios e agora também decide voar para a área afetada.
“Eles não são nossos destinos, mas a diretoria da Amaszonas decidiu não ficar sozinha no apoio entre as cidades do eixo (La Paz, Cochabamba e Santa Cruz) se não entrarem no local dos acidentes e obrigar os bombeiros que já saem exaustos têm a possibilidade de partir de avião para Santa Cruz ”, acrescentou Franco.
O primeiro voo está previsto para esta quarta-feira 28 entre Santa Cruz e Roboré, que será realizado em um avião turbo-hélice para 37 passageiros. A companhia aérea anunciou que esses vôos de solidariedade permanecerão pelo tempo necessário e são coordenados com o Comando Conjunto, o Gabinete Ambiental, a Província de Santa Cruz e os prefeitos dos municípios afetados.

O anúncio foi feito no novo escritório de vendas da companhia aérea, localizado no Hypermaxi Mutualista, terceiro anel interno, entre Mutualista e Paraguai.

Via Diário Potiguar Internacional | BEM PRA VOCÊ 
Compartilhe no Google Plus