As reservas naturais de Cuba e suas maravilhas

Embora Cuba seja notória por suas ricas tradições culturais, praias perfeitas e estilo de vida descontraído, muitos viajantes ignoram as incríveis atrações naturais da ilha. Este país do Caribe abriga seis reservas naturais e da biosfera preservadas pela UNESCO, cada uma das quais protege uma gama diversificada de habitats e animais selvagens.

De florestas a regiões costeiras, de zonas úmidas a cavernas, a ampla gama de ecossistemas de Cuba serve como um viveiro de atividades que dão acesso a uma infinidade de flora e fauna, muitas das quais são espécies cuja existência está atualmente ameaçada. Juntamente com essas maravilhas do mundo natural, os viajantes que se hospedarem em hotéis 5 estrelas em Cuba também encontrarão elementos da história humana aqui, mostrando como o homem e a natureza trabalharam em harmonia ao longo dos séculos.

Como Cuba está lutando economicamente desde a promulgação do embargo da década de 1960, essas Reservas da Natureza e da Biosfera são vitais para a indústria do turismo no país. As excursões autorizadas da International Expeditions à Cuba param em vários locais da UNESCO e reservas naturais. O dinheiro que os viajantes gastam para visitar esses santuários não apenas ajuda a conservar a vida selvagem que os habita, mas também contribui para a melhoria da nação como um todo.

Reserva da Biosfera Ciénaga de Zapata

Ciénaga de Zapata é uma das maiores e mais diversas reservas da biosfera em Cuba e é a maior área de pântanos de toda a região do Caribe. Cobrindo 628.171 hectares e a mais próxima de hotéis como o Iberostar Bella Costa, a reserva também é composta de pastagens, vários tipos de floresta, regiões costeiras e recifes de coral. Ciénaga de Zapata é o lar de uma grande população de duas espécies de crocodilos — crocodilos cubanos e americanos —, além de peixes e tartarugas e muitas das espécies de aves típicas de Cuba.

Reserva da Biosfera de Cuchillas del Toa

No canto montanhoso do nordeste de Cuba fica a Reserva da Biosfera Cuchillas del Toa, uma região que compartilha espaço com o Parque Nacional Alejandro de Humboldt. As áreas interiores da reserva são compostas por florestas montanhosas e nubladas, e a área protegida se estende além da costa até a floresta de mangue e recifes de coral.
A área é digna de nota por sua diversidade de flora e fauna, das quais existem quase 1.000 espécies endêmicas. Algumas das espécies mais ameaçadas de Cuba podem ser encontradas em Cuchillas del Toa, como o solenodon ou almiqui cubano, que é um dos únicos mamíferos venenosos do mundo.

Reserva Natural Sierra del Rosario

Exuberante, tropical e muito verde, a Reserva Natural Sierra del Rosario cobre mais de 26.000 hectares a cerca de 50 km de Havana, no leste de Cuba. As terras desta região já foram totalmente limpas para dar lugar à produção de café, mas desde então fazem parte de um grande programa de reflorestamento. Isso não apenas contribuiu para uma área mais bonita em termos de natureza, mas também fortaleceu a economia, criando empregos e atraindo visitantes estrangeiros. A UNESCO nomeou Sierra del Rosario uma Reserva Natural em 1984, fixando-a no mapa como uma das áreas mais importantes de Cuba para a promoção da sustentabilidade e do ecoturismo.

Reserva da Biosfera de Baconao

Localizada no sudeste de Cuba (não muito longe de Santiago de Cuba e Guantánamo), a Reserva da Biosfera de Baconao oferece uma mistura de floresta tropical, floresta nublada, regiões costeiras e cavernas. Várias espécies endêmicas de insetos, morcegos e aranhas de Cuba vivem nessas cavernas. Cerca de 1.800 espécies de plantas também habitam a região, além de inúmeras espécies indígenas de répteis e mamíferos. Junte isso à interessante história humana da região — incluindo uma das primeiras plantações de café no Caribe, também Patrimônio Mundial da UNESCO — e Baconoa é um dos lugares mais interessantes do leste de Cuba.

Reserva da Biosfera da Península de Guanahacabibes

A Península de Guanahacabibes fica no extremo sudoeste de Cuba, estendendo-se por cerca de 120.000 hectares de terra e incluindo o Parque Nacional Guanahacabibes. É conhecida por sua diversidade de paisagens, incluindo manguezais, áreas costeiras e pastagens, que ajudam a criar uma biodiversidade impressionante na área.
Em termos de vida selvagem, Guanahacabibes é conhecida por atrair cerca de 40 espécies diferentes de aves, algumas residentes e outras migratórias. Cuba tem se esforçado para preservar essa área porque atrai muito turismo, o que ajuda a incentivar as comunidades da região a trabalharem juntas e melhorarem a educação ambiental na região.

Reserva da Biosfera Buenavista

Cobrindo mais de 300.000 hectares no centro da costa norte de Cuba, a Reserva da Biosfera Buenavista inclui praias de areia e rocha, vários tipos de floresta, sítios arqueológicos e cavernas. A reserva é dividida em 11 partes diferentes espalhadas pela região. Esses habitats díspares servem de lar a uma ampla variedade de flora e fauna, incluindo várias espécies ameaçadas. O foco da Reserva é fortemente direcionado para a costa, que possui muitos recifes de corais e vida marinha aqui. Não é de admirar que esta área seja a principal entre os locais de mergulho mais populares de Cuba.

CONTI OUTRA
Compartilhe no Google Plus