RN se entristece com morte de Médico Boliviano vítima de Covid-19

Profissional exemplar, excelente médico e cirurgião experiente. É assim que o Dr. Eduardo Campero Garcia era conhecido por seus colegas e pelos pacientes. 

Imagem: reprodução Mídias Sociais 

Dr. Eduardo, de 64 anos, faleceu no início da noite desta segunda-feira (20). Ele era de nacionalidade boliviana, no entanto vivia no Brasil há pelo menos 40 anos. Segundo informações, Campero estava hospitalizado na Promater há quase 3 semanas, mas não resistiu às complicações decorrentes da covid-19 (coronavirus). 

Toda a sua trajetória de excelência em Medicina faz muitos acabarem com preconceitos e confirmarem que bons profissionais não têm nacionalidade, nem sexo, nem etnia. Dr. Eduardo foi mais um exemplo que a boa Medicina não tem nacionalidade. 

A família Campero pede o patriarca mas mantem a tradição na Medicina com suas filhas as doutoras Nayana e Nayara Campero. 

Por Willen Benigno de Moura
Compartilhe no Google Plus