Evento abre as portas para 150 projetos de investimento na Colômbia

O evento contou com mais de 1.500 participantes, somando presença virtual e online, na conferência acadêmica e em reuniões setoriais da cúpula de investimentos, liderada pelo Ministério do Comércio, Indústria e Turismo, e ProColombia.


Paisagem noturna na capital de Bogotá: evento Colômbia Investment Summit 2021 encerra com 150 novos projetos de investimento estrangeiro (crédito: Freepik)

Bogotá, Colômbia, 8 de novembro de 2021 - Somando mais de 150 projetos em seu portfólio, avaliados em cerca de US $ 8.000 bilhões - e com estimativa para anúncios a curto prazo - o Colombia Investment Summit 2021 foi encerrado, consagrando a sétima versão internacional da cúpula de investimentos direto mais importante do país.

Esteve presente no evento o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento-BID, Mauricio Claver-Carone, que reafirmou o apoio da multinacional ao programa de infraestrutura viária 5G do Governo Nacional. "Temos interesse em apoiar o programa do bicentenário da quinta geração de concessões no país, o BID está convencido do enorme potencial da Colômbia como destino de investimentos estrangeiros e se compromete a ajudar o governo e investidores a aproveitar as oportunidades", afirmou Claver-Carone.

Parte dessas iniciativas inclui a estruturação jurídica, financeira e técnica do projeto de recuperação da navegabilidade do rio Magdalena, avaliado em mais de US $ 375 bilhões.

"O balanço final de nossa Cúpula de Investimentos na Colômbia é muito satisfatório. A cúpula continua se destacando como uma plataforma de atração de investimentos estrangeiros, atraindo o interesse de empresários de todo o mundo e de organizações internacionais comprometidas com nosso país. São contribuições para o crescimento e reativação econômica do nosso território", garantiu Flávia Santoro, presidente da ProColombia.

Mais de 300 multinacionais da Europa, Ásia, América Latina e América do Norte participaram do encontro e estiveram presentes em sabatinas de negócios com empresários colombianos, representantes de projetos e entidades de apoio.

Balanço positivo para as multinacionais presentes na cúpula

O Colombia Investment Summit 2021 concretiza uma visão otimista para empresários internacionais, que destacam a Colômbia como um destino atraente para investimentos e ressaltam as características do mercado nacional.

Para Javier Villamizar, sócio operacional da Softbank, corporação multinacional de origem japonesa, e que realizou investimentos bilionários em empreendimentos colombianos como Rappi, Ayenda Hoteles ou Platzi, a Colômbia apresenta um ecossistema amigável para investidores: "apostamos em talentos e em empresários. Precisamos justamente de um país que fez investimentos em formação de talentos nos últimos anos, e vemos isso na Colômbia, temos visto nos últimos dois anos. E essa combinação de talento e apoio governamental a torna atraente como mercado".

Além do empreendedorismo, existem setores que apresentam um desenvolvimento importante e grandes oportunidades de investimento, como as energias renováveis.

Para Federico Echavarría, gerente geral da AES, "A Colômbia tem uma economia pró-mercado, o setor elétrico em particular trabalha de acordo com as regras do mercado. Isto é muito importante para uma multinacional: poder estar em um país que acredita no mercado e que acredita que as forças do mercado, no final das contas, contribuem para o benefício do consumidor final. A Colômbia é um país que recebe de braços abertos o capital estrangeiro. A AES na Colômbia se sente confortável, se sente bem-vinda e sente que contribui para o desenvolvimento do país".

O segmento de infraestrutura também reflete o dinamismo e potencial para atrair investimentos estrangeiros, segundo afirma Federico Gimeno, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da I Squared Capital.

"Já investimos na Colômbia em duas oportunidades, com foco no setor de infraestrutura, e esperamos continuar investindo no curto prazo. A I Squared Capital busca mercados em que há possibilidades de crescimento, em que há dinamismo econômico, mas ao mesmo tempo onde há regras do jogo claras, em que há proteção significativa ao investidor, e também há apoio de governos em nível nacional e local para todos os investidores que buscam apoiar o desenvolvimento de um país."

Sobre ProColombia

A ProColombia é a entidade encarregada de promover as exportações colombianas, o turismo internacional, o investimento estrangeiro direto e a marca de país da Colômbia no mundo. Através de sua rede de escritórios, tanto nacionais como internacionais, a ProColombia oferece apoio e orientação abrangentes para que os empresários tenham acesso às informações corretas e alcancem seus objetivos.
Compartilhe no Google Plus