Novo aplicativo de transporte chega a Natal e promete negociar valores de corrida

Resultado de imagem para indriver
Imagem: Divulgação 

inDriver chega a Natal depois de um investimento total de 50 Milhões de Dólares em sua expansão 


A Capital do Rio Grande do Norte será a terceira cidade do Nordeste a receber o serviço de mobilidade 

Com o crescimento na demanda por mobilidade nos grandes centros urbanos, surgiram vários modelos de aplicativos de locomoção, cada um com uma característica diferente, em meio a isso a startup ​inDriver, criada em uma cidade da Rússia ganhou notoriedade graças ao novo molde de aplicativo que trouxe ao mercado. 

O modelo da inDriver é único dentro do setor, já que ele permite que passageiros e motoristas possam negociar os termos da viagem de modo independente, inclusive os custos, sem a necessidade de um intermediário. Em todos os outros serviços de transporte que operam no Brasil o valor da viagem é determinado de forma automática através de algoritmos pré-estabelecidos. Isso significa que uma viagem de mesmo trajeto em períodos diferentes podem ter valores diferentes, por conta de condições climáticas, da estrada, do trânsito e muitos outros fatores. Na inDriver esse diálogo é feito entre os passageiros e motoristas , um modelo que nenhum outro app faz. 

● modelo da inDriver é único dentro do setor, pois ele permite aos passageiros e motoristas negociarem de forma independente os termos das viagens, incluindo os custos sem a necessidade de um intermediário. 

● Os motoristas irão pagar 0% de taxa durante os primeiros meses de incorporação ao aplicativo. 

● As taxas finais durante as semanas de teste foram até 20% menores do que aquelas praticadas pelo principais competidores. 

Após expandir para vários países da América Latina, como México, Peru,Chile, Equador, entre outros. A empresa chegou ao Brasil, e começou sua ativação pelo 

Nordeste, em João Pessoa e Caruaru , chegou ao sudeste em São José do Rio Preto, e agora chega à Natal, sendo assim a quarta cidade Brasileira a possuir o aplicativo em vigor. 

Yegor Fedorov, Diretor de Desenvolvimento de Negócios da inDriver, diz:”Nós temos um plano de crescimento ambicioso,durante esse ano nós investimos em média 50 milhões de dólares em nossa expansão mundial”. Natal é uma cidade estratégica para fornecer nosso serviço, que é uma alternativa tecnológica que facilita a mobilidade dos residentes, devolvendo a eles a possibilidade de dialogar com os motoristas e através dele, eles podem concordar em estabelecer as condições da viagem.” 

Hoje atuando em mais de 180 cidades e em 14 países , a inDriver traz nessa fase inicial, uma ótima proposta para sua entrada no Brasil, os motoristas pagarão 0% de comissão ao aplicativo durante os primeiros meses de funcionamento. Na segunda quinzena de Novembro iniciamos nosso serviço no Brasil, 2019 será um ano de expansão para o restante do territorio nacional. 

"Nós queremos que clientes e motoristas determinem de modo independente e direto o valor justo e favorável para cada trecho. No momento, os residentes de Natal usando inDriver, podem ter certeza que o valor da viagem será significativamente mais baixo do que os preços regulares e logo as pessoas em outras grandes cidades do Brasil poderão confirmar isso,” disse Fedorov. 

O aplicativo da inDriver está no ​Google Play Store​ e ​AppStore , e seu download pode ser feito de graça. 

Sobre a InDriver 

Na noite de ano novo no meio do inverno de 2012 em Yakutsk, a temperatura do air caiu para menos de -45ºC, e os taxistas locais duplicaram simultáneamente o valor das viagens pela cidade. Em resposta, os residentes de Yakutsk criaram um grupo chamado “Motoristas independentes” em Vkontakte (a maior rede social da Rússia), cujos membros publicaram pedidos de viagem e ofereceram seus preços, e os motoristas locais aceitaram voluntariamente os pedidos. Como resultado, em apenas seis meses mais de 60 mil pessoas se uniram ao grupo. Foi então que começou a história da InDriver. 

Hoje, a InDriver cuja sede está presente em Nova York, tem 14 milhões de usuários em mais de 180 cidades em 13 países. 
Compartilhe no Google Plus