Homem de 85 anos ganha 4 milhões em cassino após esposa se curar de câncer



Parece roteiro de filme de Hollywood, mas aconteceu de verdade! Um senhor de 85 anos e sua esposa foram em um cassino comemorar a vitória dela sobre um câncer, uma das doenças que mais mata em todo o mundo, com mais de 8 milhões de pessoas atingidas anualmente. Se só essa fato não bastasse, o casal ainda saiu do local com a bolada de R$ 4 milhões. É muita sorte, não é mesmo?

O caso aconteceu no Borgata Hotel Casino, localizado em Atlantic City, em New Jersey. O aposentado Harold McDowell, entrou na mesa do jogo Three Card Poker enquanto sua mulher se divertia em uma mesa próxima à ele. Em um verdadeiro passe de sorte, caiu nas mãos de Harold um royal flush com seis cartas, que é quando saem cartas seguidas do mesmo naipe, geralmente de ouro na maioria dos campeonatos e cassinos). O mais impressionante é que a chance disso acontecer é de uma em 20.348.320. Assim, Harold ganhou R$ 4 milhões em uma aposta que custou somente R$ 20.
Além disso, Harold já tinha um motivo para comemorar: sua esposa havia recebido a notícia que estava livre do câncer no dia anterior. Para o jornal NY Post, o senhor declarou que ficou estupefato com a notícia, mas que a vitória da esposa em cima do câncer de fígado e colo do útero é mais importante do que qualquer dinheiro. Que belo exemplo de parceria e união!

Além de ficar contente com a história do americano, a boa notícia é que quem quer jogar no cassino e tentar a sorte como o Harold não precisa ir até Atlantic City ou Las Vegas para aproveitar essa experiência. Atualmente, existem inúmeros sites de apostas online que dão prêmios tão bom quanto este que Harold ganhou. Alguns dão até um presente para os novos usuários, sem necessidade de investir um real para começar a jogar. Uma boa dica é aproveitar um bônus sem depósito que as plataformas de jogos oferecem para conhecer mais sobre esse tipo de aposta e começar a ter lucro.

A luta contra o câncer


Para Harold, a maior sorte mesmo foi ter a mulher livre do câncer. Afinal, o câncer é uma doença silenciosa que mata milhões de pessoas todos os anos. Inclusive, o câncer de colo do útero que a esposa de Harold possuía é o terceiro mais frequente entre as mulheres brasileiras, ficando atrás somente do câncer de mama e do câncer colorretal.
Além disso, em pesquisa divulgada recentemente no Brasil, os tipos mais comuns de câncer mudam de acordo com a região do país. Isso se explica tanto por fatores naturais (como a incidência de sol ou a maioria de pessoas com pele branca), quanto por questões sociais (como a falta de vacinação em alguns locais que previnem o câncer de colo de útero, o HPV). 
Felizmente, cada vez mais o câncer tem recebido investimentos constantes em pesquisa para encontrar uma cura mais rápida e simples. O câncer colorretal, por exemplo, que está em segundo lugar na lista dos mais comuns no Brasil, tem chance de 90% de cura se descoberto no início. Ou seja, a melhor forma de se livrar do câncer (e quem sabe tirar a sorte grande como Harold e sua esposa) ainda é a prevenção. Por isso, é importante que você mantenha seus exames em dia e procure um médico sempre que notar algum tipo de irregularidade em seu corpo. Todo cuidado é pouco e precisamos ter muita atenção ao nosso organismo. Já pensou se aos 85 anos você também ganha uma bolada no cassino?




Compartilhe no Google Plus