Idosa de 65 anos é morta no lugar do filho por bandidos, diz delegado

Crime aconteceu no Conjunto Novo Padre João Maria, no município de São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal, na manhã desta quarta-feira


Oscarina Maria de Lucena Lima, 65 anos, foi assassinada no Conjunto Novo Padre João Maria, em São Gonçalo do Amarante, na manhã desta quarta-feira.

Oscarina Maria de Lucena Lima, 65 anos, estava na frente de casa ontem (1º) quando foi morta a tiros por integrantes de facção criminosa, no município de São Gonçalo do Amarante, Região Metropolitana de Natal. De acordo com o delegado da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Frank Albuquerque, a principal linha de investigação da polícia é de que integrantes de facção criminosa assassinaram a mãe, mas na verdade estavam a procura de um dos filhos dela.

O crime aconteceu por volta das 7h no Conjunto Novo Padre João Maria, próximo ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves. A Polícia Militar afirma que também há informações de que dona Oscarina, conhecida na região como dona Tó, teria sido assassinada porque estaria “entregando” integrantes dessa facção criminosa à polícia.

Após o crime, a família da vítima recolheu os pertences e teve que se mudar para outra localidade com medo de que mais pessoas fossem mortas. A Polícia Militar fez a escolta da família. O marido de Oscarina disse que havia boatos de que a esposa estava fazendo denúncias à polícia, mas que não era verdade.

Oscarina Maria, dona Tó, tinha uma pequena mercearia no Conjunto Novo João Maria e foi assassinada no início da manhã, quando ainda estava de pijama.

OP9
Compartilhe no Google Plus